Encerram hoje (4/7) inscrições para concurso do Ministério da Gestão; salário de R$ 8,3 mil

Encerram nesta quinta-feira (4 de julho), às 23h59, as inscrições para o concurso público do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) com 200 vagas e salário de R$ 8.300. Os postos são temporários.

As chances são para profissionais em diversas áreas do ensino superior, que atuarão em funções de Tecnologia da Informação. Além da remuneração, há direito ao auxílio-alimentação de R$ 1.000, reajustado pelo governo federal em abril deste ano.

Leia também: STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores

As inscrições são realizadas pelo site do Instituto AOCP, responsável pela prova, clicando aqui. O valor da taxa de participação é R$ 60. As vagas estão divididas nas seguintes áreas de especialidade: tecnologia, logística e gestão. Do total, 20% são para candidatos negros e 5% para deficientes.

– 45 vagas para especialista em gestão de processos (sendo 34 de ampla concorrência, 9 para candidatos negros e 2 para candidatos com deficiência)

– 40 vagas para especialista em desenvolvimento de software (sendo 30 de ampla concorrência, 8 para candidatos negros e 2 para candidatos com deficiência)

– 35 vagas para especialista em ciência de dados (sendo 26 de ampla concorrência, 7 para candidatos negros e 2 para candidatos com deficiência)

– 30 vagas para especialista em análise de processos de negócios (sendo 22 de ampla concorrência, 6 para candidatos negros e 2 para candidatos com deficiência)

– 20 vagas para especialista em segurança da informação e proteção de dados (sendo 15 de ampla concorrência, 4 para candidatos negros e 1 para candidato com deficiência)

– 15 vagas para especialista em UX – experiência do usuário (sendo 11 de ampla concorrência, 3 para candidatos negros e 1 para candidato com deficiência)

– 15 vagas para especialista em infraestrutura de TI – tecnologia da informação (sendo 11 de ampla concorrência, 3 para candidatos negros e 1 para candidato com deficiência)

Segundo o ministério, os novos servidores atuarão prioritariamente no programa Startup Gov.br, que tem como objetivo apoiar e acelerar projetos de transformação digital do governo federal.

Atualmente, existem 18 startups em operação, como o FGTS Digital, Sistema SIGACrim, a implantação do Processo Eletrônico Nacional (PEN) em estados e municípios, e a atualização e modernização do CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais). Há ainda outras seis startups Gov.br em desenvolvimento.

A carga horária é de 40 horas semanais e o candidato precisa ter ensino superior completo para concorrer. Em algumas áreas, é exigido título de mestre ou doutor, e também experiência profissional de pelo menos cinco anos.

As provas estão previstas para serem realizadas no dia 4 de agosto, em todas as capitais do país. A previsão inicial era no dia 30 de junho, mas houve alteração da data inicial por causa das chuvas no Rio Grande do Sul, assim como ocorreu com o Concurso Nacional Unificado.

O processo seletivo terá uma prova com 70 questões de múltipla escolha, sendo cinco de português, cinco de raciocínio lógico, cinco de direito administrativo, cinco de gestão no setor público, cinco de governo digital e 45 de conhecimentos específicos.

Acesse aqui o edital para conferir o conteúdo programático.

Para os candidatos a especialista em gestão de projetos, haverá uma mudança. Eles responderão dez questões de governo digital, em vez de 5 de governo digital e 5 de gestão no setor público.

Informações: Folha de S.Paulo

Compartilhe:

Leia mais
greve por redução de jornada
Três projetos sobre redução da jornada tramitam no Senado; pauta é histórica no sindicalismo
livro mpt conalis direito coletivo do trabalho
MPT abre seleção de artigos para livro sobre direito coletivo do trabalho; veja regras
reunião fessergs reestruturação carreiras servidores rs
Servidores do RS pedem mais tempo para debater projetos de reestruturação de carreiras
Diretoria sindicato rodoviarios caxias do sul
Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Caxias do Sul (RS) reelege diretoria
senado e governo reoneração folha de pagamento
STF prorroga prazo para Senado e governo discutirem reoneração da folha de pagamento
eleição diretoria sindicato servidores são vicente 2024
Sindicato dos Servidores de São Vicente (SP) elege nova diretoria em disputa acirrada
lucro recorde fgts 2023
Lucro do FGTS quase dobra em um ano e atinge recorde de R$ 23,4 bilhões em 2023
comissão provisória csb-ba
Presidente da CSB-BA pede afastamento, e Antonio Neto nomeia comissão provisória
reunião centrais e governo lei igualdade salarial
Centrais e governo avaliam resultados do primeiro ano da Lei da Igualdade Salarial
mpt recomendação contadores contribuição sindicatos
Contador não pode incentivar oposição à contribuição sindical, orienta MPT