Central dos Sindicatos Brasileiros

Centrais sindicais se reúnem em Brasília e adiam votação da MP-905

Centrais sindicais se reúnem em Brasília e adiam votação da MP-905

Na noite do último dia 10 de março, representantes das principais centrais sindicais se reuniram com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre. O motivo do encontro foi a Medida Provisória 905, que institui a Carteira Verde e Amarela; as entidades trabalhistas foram solicitar o adiamento da votação que implementa o projeto.

A reunião atingiu os objetivos e a votação foi deixada para o próximo dia 17 de março, terça-feira.

Além do adiamento, as centrais também pediram uma reunião junto com o relator da MP-905/2019, o deputado Christino Aureo (PP-RJ). O encontro visa a retirada daqueles pontos da medida provisória que são mais prejudiciais aos trabalhadores brasileiros. Ernesto Luiz Pereira falou sobre tais pontos. “A Carteira Verde e Amarela tem uma série de problemas como taxar o seguro desemprego, liberar trabalho aos domingos e alterar a alíquota do INSS”.

Ernesto ainda acrescentou que a MP-905 pode ser vista como uma manobra para implementar uma nova reforma trabalhista, em razão dos diversos pontos que tornam precárias as relações de trabalho no Brasil.

Be Sociable, Share!