Central dos Sindicatos Brasileiros

Campanha “Maio Lilás” reforça importância da liberdade sindical

Campanha “Maio Lilás” reforça importância da liberdade sindical

Mês em que se comemora o Dia do Trabalho é também dedicado à luta pela defesa dos sindicatos e dos direitos dos trabalhadores

O Ministério Público do Trabalho, por meio da Coordenadoria Nacional de Promoção da Liberdade sindical – CONALIS, criou o “Maio Lilás”, campanha que tem o objetivo de incentivar a realização de atividades que promovam o princípio da liberdade sindical. A iniciativa pretende estimular a participação da sociedade, sobretudo dos trabalhadores, em ações de defesa dos seus direitos. O mês foi escolhido porque é quando também se comemora, mundialmente, o Dia do Trabalho. Sindicatos, federações e centrais sindicais, como a CSB, são orientadas pela campanha a se unirem em diversas ações durante o período.

Embora seja apenas o segundo ano em que o Maio Lilás aconteça, os ataques aos sindicatos e as ameaças à sua sobrevivência com as mudanças impostas pela lei 13.467/2017 – que modificou artigos da CLT e tenta diminuir a representação dos trabalhadores – tornaram a defesa da liberdade sindical imprescindível.

“O momento é de união e de mostrar força e representatividade para que não sejamos expostos a mais retrocesso e ataques”, afirma Antonio Neto, presidente da CSB.

A cor Lilás
A cor lilás  não foi uma escolha aleatória e é uma referência a um incêndio criminoso numa fábrica de tecidos, em Nova Iorque, em 8 de março de 1857, onde trabalhadores reivindicavam um salário justo e redução na jornada de trabalho. Por causa do fogo, 129 mulheres trabalhadoras morreram enquanto confeccionavam um tecido da cor lilás.

Compartilhe!