Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santana dos Garrotes aprova filiação à CSB

Presidente José Soares Filho acredita que ato pode ajudar a luta dos trabalhadores do Vale do Piancó

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santana dos Garrotes deu encaminhamento ao processo de filiação à CSB, em 12 de novembro, durante o encontro em João Pessoa com o presidente da central Antonio Neto. Na ocasião, o dirigente do sindicato, José Soares Filho, pôde dialogar com representantes da entidade para concretizar a filiação.

José Soares, que também é presidente da Associação dos Produtores de Arroz Vermelho de Santana dos Garrotes, acredita que acordo representa visibilidade e força para mudar a realidade dos produtores de arroz vermelho na região do Vale do Piancó, na Paraíba.

“Os sindicatos rurais no Brasil enfrentam barreiras ainda maiores que os urbanos. Como a CSB é uma central que está em plena ascensão, queremos aproveitar essa filiação para levar a luta dos produtores de arroz vermelho junto aos órgãos estaduais e federais”, pontuou Soares.

De acordo com o presidente, as principais dificuldades enfrentadas pela categoria são o acesso ao crédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e o baixo valor do recurso para o custeio da atividade agrícola, além da falta de políticas públicas para investir em tecnologia e pesquisa do cultivo do arroz vermelho.

“Mercado não é o problema. Em 2012 tivemos pouquíssimas chuvas, e mesmo assim conseguimos comercializar mais de 50 mil sacas de arroz vermelho. Queremos sair da informalidade e conquistar legalidade por meio da emissão de nota fiscal e a padronização de selos e embalagens”, avaliou Soares.

José Soares Filho, mais conhecido como Dedé Santana, sempre trabalhou como produtor rural na cidade de Santana dos Garrotes e está a frente do sindicato há quatro mandatos, sendo reeleito para o quinto em 5 de outubro desse ano. Atualmente o sindicato conta com mais de mil associados, com metade de produtores ativos e a outra metade de aposentados rurais.

Arroz Vermelho

A principal região do país produtora do arroz vermelho é a cidade de Santana dos Garrotes, localizada na região oeste do Estado da Paraíba, e compõe um dos 21 municípios da região do Vale do Piancó.  De acordo com o último censo do IBGE, a comunidade possui uma população de 7.882 habitantes, e a produção desse arroz constitui sua principal atividade econômica.

A cidade encontra-se inserida no denominado “Polígono das Secas” e possui clima e geografia típicos do semiárido quente e seco. Segundo o presidente José Soares, o regime pluviométrico é baixo e irregular com variações entre 400 a 600 mm/ano.

Esse clima é propício para a produção do arroz vermelho, que é considerado um arroz de sequeiro. Mesmo sendo pouco conhecido no Brasil, o alimento possui alto valor nutritivo e constitui um dos principais alimentos da culinária regional.

De acordo com a pesquisa “A produção de arroz vermelho no Vale do Piancó e as ações de políticas públicas para o setor”, realizada pelo departamento de economia da Universidade Federal da Paraíba, o plantio é feito em sua maioria por pequenos agricultores, como lavouras de subsistência, tendo uma produção aproximada de 2,5 mil kg/hectare.  Estima-se que o arroz vermelho gere uma renda anual de R$ 7,2 milhões.

Para José Soares, a produtividade pode alcançar níveis mais altos com a chegada de maquinário útil em alguns processos da produção do arroz vermelho.

“Faltam máquinas para polir o arroz e a gente poder vender mais no mercado. Acreditamos no potencial da nossa produção por não usarmos agrotóxicos, e seu valor nutricional ser altíssimo”, concluiu.

Confira imagens da produção de arroz vermelho em Santana dos Garrotes-PB

Compartilhe:

Leia mais
reunião fessergs reestruturação carreiras servidores rs
Servidores do RS pedem mais tempo para debater projetos de reestruturação de carreiras
Diretoria sindicato rodoviarios caxias do sul
Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Caxias do Sul (RS) reelege diretoria
senado e governo reoneração folha de pagamento
STF prorroga prazo para Senado e governo discutirem reoneração da folha de pagamento
eleição diretoria sindicato servidores são vicente 2024
Sindicato dos Servidores de São Vicente (SP) elege nova diretoria em disputa acirrada
lucro recorde fgts 2023
Lucro do FGTS quase dobra em um ano e atinge recorde de R$ 23,4 bilhões em 2023
comissão provisória csb-ba
Presidente da CSB-BA pede afastamento, e Antonio Neto nomeia comissão provisória
reunião centrais e governo lei igualdade salarial
Centrais e governo avaliam resultados do primeiro ano da Lei da Igualdade Salarial
mpt recomendação contadores contribuição sindicatos
Contador não pode incentivar oposição à contribuição sindical, orienta MPT
CSB no Forum Interconselhos 2024
Governo retoma Fórum Interconselhos com G20 Social e Plano Clima em foco
reuniões centrais sindicais 16 e 18 julho
Links: centrais realizam reuniões sobre agenda legislativa nos estados