Servidores de Juiz de Fora exigem novas datas para o pagamento do décimo-terceiro salário

Diante das novas informações – de que o Estado de Minas receberá repasses da União, e consequentemente terá que quitar suas dívidas com os municípios – os servidores públicos municipais de Juiz de Fora vão exigir uma nova negociação acerca do pagamento do décimo-terceiro.

Pelo cronograma da Prefeitura as duas parcelas sairão nos dias 18 de janeiro e 15 de fevereiro.

“Em breve não haverá mais, por parte da Prefeitura, essa desculpa de que não há recursos. Vamos protocolar um ofício pedindo à administração municipal uma nova negociação”, afirmou o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Juiz de Fora (SINSERPU-JF), Amarildo Romanazzi durante assembleia da categoria realizada na manhã desta terça-feira (8).

Também ficou decidida uma nova assembleia, no dia 24. Paralelamente, os servidores da urgência e emergência resolveram suspender a greve que vinha desde o dia 21 de dezembro.

“Um movimento vitorioso, pois realizado de forma solitária, sem a adesão dos médicos e a presença dos demais servidores. Provamos que uma categoria unida pode muito”, analisou a diretora do Departamento de Saúde do SINSERPU-JF, Deise Medeiros.

Na Assembleia desta terça-feira, todos os presentes – inclusive o presidente da FESERP-MG, Cosme Nogueira – lembraram que 2019 será um ano difícil, por conta das medidas anunciadas pelo Governo federal (como o fim do Ministério do Trabalho). Amarildo Romanazzi ainda pontuou que a intenção dos gestores municipais é acabar com direitos históricos, como o triênio.

“Essa questão do décimo-terceiro salário é um pano de fundo. O planejamento dos governantes inclui coisas piores”, disse. Nesse sentido, um exemplo é o não pagamento dos salários de dezembro dos servidores da AMAC/Juiz de Fora, que só receberão no dia 21.

Fonte: Feserp-MG

Compartilhe:

Leia mais
Chinelo - Antonio Neto e Cosme Nogueira fundação Fesmig
CSB, Sinab e CSPM celebram criação da Fesmig - Federação dos Servidores de Minas Gerais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)