WhatsApp-Image-2019-04-02-at-15.11.50

Francisco Moura toma posse na presidência do SINDITAXI/CE

Nova diretoria é encabeçada pelo presidente da Seccional Ceará da CSB; sindicalista tem o compromisso de aumentar a fiscalização sobre os carros de aplicativo e lutar por melhores condições de trabalho para os taxistas

 

O presidente eleito do Sindicato dos Taxistas do Ceará (SINDITAXI/CE), Francisco Moura, e toda direção da Chapa 1 tomaram posse em cerimônia realizada na manhã desta terça-feira (02), no auditório da entidade, em Fortaleza.  Na ocasião, estiveram presentes autoridades, parlamentares, dirigentes sindicais de diversas categorias e taxistas de todo estado.

Com compromisso de lutar pelo aumento na fiscalização do transporte individual de passageiros realizado por aplicativos, Moura quer mobilizar os trabalhadores nas lutas dos taxistas.

“Nós estamos assumindo hoje este desafio. Iremos unir toda diretoria em função da luta do táxi para que a gente conquiste melhorias para categoria. E isso passa essencialmente por uma fiscalização eficaz a esses serviços por aplicativos, para que a população tenha segurança, qualidade no serviço e para que o profissional taxista tenha seu respeito, tenha sua profissão respeitada, pois hoje está sendo atropelada pelos aplicativos que estão trabalhando de maneira desordenada”, declarou Moura.

O dirigente afirma que a Central dos Sindicatos Brasileiros tem papel fundamental na defesa dos taxistas em todo o País.

“A CSB tem dado uma contribuição muito grande nesta luta. E nosso sindicato também será um instrumento de luta junto com os demais sindicatos e o movimento sindical em defesa do Brasil e contra a reforma da Previdência”, completou Moura, que também é o presidente da Seccional Ceará da CSB.

Vicente de Paula Oliveira, ex-presidente do (SINDITAXI/CE), desejou boa sorte à nova diretoria.

“O Sindicato passa ser representado por um grande guerreiro, que vai dar continuidade ao nosso trabalho. Moura vai trabalhar muito para que os taxistas do Ceará voltem a ter a paz em seu trabalho. Estamos em uma fase muito complicada, mas o Moura tem toda sensibilidade de mudar”, disse.

O taxista Genivan Marinho acredita que a entrada do novo presidente à frente do sindicato dará um sangue novo para a categoria. “O Moura representa sangue novo. É um companheiro que está na luta desde a adolescência dele e que está chegando para inovar, ir atrás de novas conquistas e novos horizontes para nossa categoria, Além de tentar, juntamente com a diretoria, trazer os associados para dentro do sindicato para termos mais força”, disse o taxista.

Leia mais sobre o trabalho da CSB e do novo presidente do SINDITAXI/CE em defesa dos taxistas em todo o Brasil

Em audiência na Assembleia Legislativa do Ceará, CSB critica reforma da Previdência

SINDITAXI /CE fecha parceria com prefeitura de Fortaleza

Taxistas de Fortaleza pedem que fiscalização aos aplicativos de transportes continue

SINDITAXI cobra da Etufor ações eficazes e fiscalização dos motoristas de aplicativos e pirataria

Prefeitura de Fortaleza atende demanda dos taxistas e sanciona Lei que cria mais 3 mil autorizações

Por regulamentação de aplicativos, taxistas protestam em Fortaleza (CE)

 

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra