CSB realiza curso de negociação coletiva para Rodoviários de Niterói

Diretoria do Sintronac eleita em 2016 terá aulas ministradas pelo Dieese

A CSB, em parceria com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), promoverá, nos dias 7 e 8 de novembro, o curso de negociação coletiva para os dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Passageiros de Niterói a Arraial do Cabo (Sintronac). As aulas acontecerão na sede da Entidade, localizada no centro de Niterói (RJ), e serão ministradas pelo

Com o objetivo de capacitar os sindicalistas aos embates das negociações, o curso trabalhará na qualificação e apresentará formatos de estratégias, além de ensinar mecanismos essenciais para o alcance de novas conquistas trabalhistas ao dar novo fôlego à luta pelas bandeiras da categoria. De acordo com o presidente do Sintronac, Rubens dos Santos Oliveira, 25 dirigentes participarão desta primeira turma, mas a expectativa é abrir mais duas para qualificar cerca de 100 dirigentes sindicais.

“Estamos com uma direção nova, eleita em março de 2016. Vinte e dois novos diretores tomaram posse em agosto deste ano e ainda criamos os cargos de trinta delegados sindicais. Por isso, precisamos preparar esse pessoal para tratar os problemas da base com competência e de forma bem-sucedida. Assim, o trabalhador terá muitos motivos para comemorar durante os anos sob a gestão desta diretoria”, ressalta Oliveira.

A implantação de motor dianteiro, câmbio automático e ar condicionado nos veículos; manutenção dos postos de trabalho dos cobradores de coletivos; banheiros nos pontos finais; café da manhã a toda a categoria e corredores de ônibus são algumas das reivindicações dos rodoviários que o curso irá ajudar os diretores do Sindicato a lutar “de forma mais efetiva e consciente” segundo o presidente do Sintronac.

“No verão, os interiores dos veículos chegam a alcançar 70° por conta do motor dianteiro e da falta de ar condicionado. A falta de mobilidade no Rio de Janeiro, que não possui corredores expressos, já fez com que muitos motoristas que recebem benefícios do INSS estejam afastados por problemas neurológicos, estresse, síndrome do pânico e depressão. Além disso, nossos trabalhadores chegam a trabalhar em jejum porque as empresas não fornecem nem tempo, nem recursos para o café da manhã. É uma situação que não pode continuar e nossos dirigentes precisam estar preparados para combater”, relata.

Fortalecer sindicatos e qualificar bases são prioridades da CSB. Desta maneira, o curso de negociação coletiva tem como meta dar maior embasamento ao dirigente na hora de apresentar propostas ao patronato e ao poder público com a segurança necessária para conquistar ainda mais direitos aos trabalhadores.

Serviço:

Curso de Negociação Coletiva

Data: 7 e 8 de novembro.

Local: sede do Sintronac.

Endereço: Rua Marechal Deodoro, nº 74 – Centro – Niterói/RJ

Telefones: (21) 2109-4951 / (21) 2109-4981

Compartilhe:

Leia mais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)
Nota das centrais selic
Centrais pedem redução dos juros: "por desenvolvimento com justiça social"