IMG_0003-e1425922168640

CSB promove curso de negociação coletiva para servidores públicos do Mato Grosso

Representantes de diversas categorias puderam aperfeiçoar suas ferramentas de luta pelos direitos dos trabalhadores

Realizado entre os dias 2 e 5 de março em Cuiabá, Mato Grosso, o curso de Negociação Coletiva foi ministrado por técnicos do Dieese, em parceria com a Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) e com o apoio da Federação Sindical dos Servidores Públicos do Estado de Mato Grosso (FESSP/MT).

Foram convidados para o evento dirigentes sindicais dos servidores públicos do Estado, filiados à CSB ou à Federação. O curso contou com a participação de cerca de 25 dirigentes mato-grossenses.

IMG_0366

Antonio Neto, presidente da CSB, fez a abertura do evento dando boas-vindas aos participantes e agradecendo a Diany Dias, vice-presidente da CSB e presidente do Sindicato Estadual dos Servidores Públicos do Sistema Agrícola Agrário e Pecuário do Estado de Mato Grosso (SINTAP/MT), e Wagner Oliveira, diretor jurídico Sindicato dos Profissionais da Área Instrumental do Governo de Mato Grosso (SINPAIG) e representante da CSB no Estado pelo empenho na organização do curso que faz parte de uma política da CSB de formação dos dirigentes sindicais nas técnicas de negociação coletiva, visando buscar avanços nas conquistas para os trabalhadores.

IMG_0407Para o presidente, esse tipo de curso é fundamental e tem como objetivo orientar os dirigentes  sobre legislação pertinente ao servidor público. “Nós buscamos preparar o sindicalista para que haja cada vez mais conquistas para os trabalhadores. Para isso, é necessário que o dirigente esteja familiarizado com o processo de estruturação de campanha salarial, pois só assim o trabalhador sairá vitorioso no enfretamento com governo na hora de negociar os reajustes salariais”, disse.

 “Temos que dar condições de os gestores sindicais exercerem seu mandato, para que se capacitem no sentido de fazer os enfrentamentos que forem precisos. A CSB tem o dever de investir na formação e qualificação dos dirigentes sindicais”, reiterou.

 Aprimoramento e dinamismo para os dirigentes

No primeiro dia do curso foram apresentados aos participantes o conceito e o processo de negociação coletiva. As palestras abordaram as seguintes temáticas: negociação coletiva no setor público municipal, estratégias e táticas a respeito de campanha salarial, regulamentação da Convenção 151 da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e atributos do bom negociador.

Para o presidente da CSB, o curso teve influência significativa para o trabalho dos dirigentes. Ele elogiou a presença de muitos sindicatos no evento, ressaltando que o curso fortalece ainda mais a classe trabalhadora e a capacidade de negociação especializada de seus representantes. Neto reforçou ainda a metodologia de aplicação do curso, que aborda além da teoria, muito treinamento e simulações de situações reais.

Entre os temas debatidos está a redação da Súmula 277 do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que determina que as cláusulas dos acordos e convenções coletivas de trabalho passam a valer até a conclusão de uma nova negociação. “O conteúdo do curso é muito pertinente para os dirigentes sindicais e mostra que a CSB tem um perfil de atuação diferenciado”, explicou Neto.

A importância do curso

Diany Dias disse que o sindicalismo é a esperança de cada um dos trabalhadores. Por isso, o SINTAP/MT, assim como todos os outros sindicatos, busca a qualidade de vida aos servidores. “O curso se faz um diferencial, pois qualifica os gestores sindicais para prestar melhor serviço aos seus sindicalizados. Asseguro que todo o conteúdo será bem aproveitado e espero que todos que estiveram presentes assimilem e  voltem para sua base e multipliquem este aprendizado, tornando-se realmente fortes, diferencialmente respaldados em formação e qualificação”, disse. A vice-presidente também agradeceu a presença de todos os gestores no curso e a atuação da CSB no Mato Grosso.IMG_0323

Segundo Wagner Oliveira, a realização do curso foi um marco para os dirigentes sindicais e para a CSB no Mato Grosso. “Este curso de capacitação era esperado há muito tempo pelo movimento sindical mato-grossense. Trouxe conhecimento de qualidade para os dirigentes, pois as entidades representantes dos servidores públicos enfrentam muitas dificuldades nas negociações com o executivo.  Agora com certeza os sindicalistas estão mais preparados para brigarem por melhorias. Tudo que foi aprendido será útil na luta pelos trabalhadores”, afirmou.

Os alunos saíram do curso entusiasmados e confiantes para as próximas negociações. “Sempre que podemos reunir todo mundo e debater os assuntos de interesse dos trabalhadores, podemos analisar possíveis falhas e buscar melhorias”, defendeu  Nedilson Maciel, presidente da Federação Sindical dos Servidores Públicos do Estado de Mato Grosso (FESSP/MT).

Segundo o presidente da FESSP/MT, iniciativas como o curso do Dieese evidenciam o trabalho da CSB pela valorização dos sindicatos e a união em defesa dos trabalhadores. “Só com investimento e respeito pelas entidades e por aqueles que as representam é que conseguimos fortalecer a luta por melhores salários e condições de trabalho para as categorias”, concluiu.

Confira a galeria de fotos do curso de negociação coletiva para os servidores públicos do MT.

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra