Com mais 200 mil trabalhadores em sua base, FEMERGS oficializa filiação à CSB

Decisão aconteceu de forma unânime durante 8º Congresso Ordinário da federação ligada aos municipários do Rio Grande do Sul

Durante a 8ª edição do Congresso Ordinário da Federação dos Municipários do Estado do Rio Grande do Sul (FEMERGS), realizado no último sábado (21), na cidade de Santo Ângelo, 427 km de Porto Alegre (RS), a entidade oficializou, após aprovação unânime, sua filiação junto à Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB).

Com a filiação, a entidade, que conta com mais de 300 sindicatos filiados e representa mais de 200 mil servidores públicos municipais em todo estado, se une à Central na luta pelos trabalhadores gaúchos. Para o presidente da FEMERGS, Vilson João Weber, neste momento de dificuldades e tentativas de retiradas de direitos é necessária a busca pela unidade da classe trabalhadora.

“A CSB, mesmo sem nos filiar, já havia nos ajudado dentro da organização e formação. E isso nos ajudou a optar pela filiação à Central. Eles nos ajudaram em nosso seminário, para conseguirmos parceria com o Tribunal Regional do Trabalho (TRT), nos convidaram para participar do Congresso Estadual da CSB-RS. Para nós, foi importante esta aproximação da CSB para formatar esta parceria”, disse Weber.

O presidente da FEMERGS também comentou sobre as expectativas para o futuro com a parceria entre a Federação e a Central.

“Agora nos engajemos cada vez mais na luta pela classe trabalhadora. Teremos o apoio da Central para o nosso trabalho da base, buscando sempre uma unidade para fazer a resistência e o enfrentamento neste momento tão difícil”, completou o presidente da entidade, que tem como lema “Base para a base”.

O secretário de Comunicação da CSB RS, André Costa, acredita que a filiação significa uma maior representação daCentral no serviço público no estado.

“A FEMERGS é a maior federação de servidor público municipal do estado do Rio Grande do Sul, e nós, quanto CSB, os reconhecemos como a única representante dos servidores públicos municipais no estado. Neste processo que a gente vem sofrendo de ataques fortíssimos ao serviço público, hoje, temos representação nos três níveis do serviço público, federal, estadual e municipal. Com isso, nos tornamos a central de maior representação no serviço público no estado. É mais um passo importante que demos neste processo”, falou.

Representando a presidente da Seccional, Eliane Gerber, o secretário-geral Adriano Porto acredita que as duas entidades têm o mesmo conceito e propósito de deixar os sindicatos mais fortes.

“É uma federação que tem um trabalho de raiz, um trabalho de campo muito forte, que chega muito próximo dos seus filiados. A entidade tem o mesmo conceito que a CSB nacional, que é deixar os sindicatos fortes e mais próximos da categoria. No Rio Grande do Sul, isso apresenta para todo meio sindical que o trabalho que a CSB vem fazendo por aqui no estado é verdadeiro e que tomou proporções que a gente não imaginava” finalizou Porto.

Compartilhe:

Leia mais
reunião fessergs reestruturação carreiras servidores rs
Servidores do RS pedem mais tempo para debater projetos de reestruturação de carreiras
Diretoria sindicato rodoviarios caxias do sul
Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Caxias do Sul (RS) reelege diretoria
senado e governo reoneração folha de pagamento
STF prorroga prazo para Senado e governo discutirem reoneração da folha de pagamento
eleição diretoria sindicato servidores são vicente 2024
Sindicato dos Servidores de São Vicente (SP) elege nova diretoria em disputa acirrada
lucro recorde fgts 2023
Lucro do FGTS quase dobra em um ano e atinge recorde de R$ 23,4 bilhões em 2023
comissão provisória csb-ba
Presidente da CSB-BA pede afastamento, e Antonio Neto nomeia comissão provisória
reunião centrais e governo lei igualdade salarial
Centrais e governo avaliam resultados do primeiro ano da Lei da Igualdade Salarial
mpt recomendação contadores contribuição sindicatos
Contador não pode incentivar oposição à contribuição sindical, orienta MPT
CSB no Forum Interconselhos 2024
Governo retoma Fórum Interconselhos com G20 Social e Plano Clima em foco
reuniões centrais sindicais 16 e 18 julho
Links: centrais realizam reuniões sobre agenda legislativa nos estados