antonio-neto-na-plenaria-da-csb-ce

Na CSB-CE, Antonio Neto avalia avanços e desafios do movimento sindical em 2023

O presidente nacional da CSB, Antonio Neto, esteve em Fortaleza (CE) na quinta-feira (23) para participar da plenária sindical da CSB-CE, liderada pelo vereador e presidente do Sinditaxi-CE, Francisco Moura.

O presidente da CSB-CE convidou Neto para que ele pudesse dividir com os representantes dos sindicatos filiados no estado os detalhes das conversas das quais a CSB tem participado junto ao governo federal no último ano.

Desde o início do governo Lula, diversos grupos de trabalho e mesas de negociação foram criados pelo Executivo federal para que centrais sindicais e outras entidades dialoguem com outras partes na busca de consensos em diversas áreas, como reforma sindical, contribuição assistencial, regulamentação de convenções da OIT, do trabalho intermediado por aplicativos, dentre outras.

Antonio Neto contou onde já foi possível conseguir avanços, como no caso da volta da política de valorização real do salário mínimo, mas também alertou sobre o longo caminho que ainda se tem pela frente para se reverter os retrocessos da reforma trabalhista de 2017, sendo a precarização dos sindicatos um deles.

Ainda durante a passagem pela cidade, o presidente da CSB recebeu a honraria de cidadão fortalezense por seu trabalho à frente da CSB e história no movimento sindical.

Veja mais: Presidente da CSB recebe título de cidadão de Fortaleza por seu papel na luta sindical

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra