Central dos Sindicatos Brasileiros

Agentes penitenciários de Santa Catarina farão assembleia e podem decidir por greve

Agentes penitenciários de Santa Catarina farão assembleia e podem decidir por greve

Em Santa Catarina a categoria dos agentes penitenciários está em estado de greve desde o dia 24 de fevereiro. A situação se instaurou após a realização de uma assembleia.

Os profissionais têm duas reivindicações principais, uma delas é contra a reforma da Previdência estadual, que está tramitando na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). Já a outra, se refere ao reajuste salarial dos agentes, com reposição inflacionária.

De acordo com o dirigente da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) Nicolau de Almeida, o fato de estarem sendo negociados reajustes com outras categorias da segurança pública vem causando incomodo entre os agentes penitenciários. “O governo do estado está conversando com as polícias militar e civil, enquanto que para os agentes não há nenhuma proposta”.

Dessa forma uma nova assembleia foi agendada para decidir os rumos do movimento e a possibilidade de paralisação, como conta Ferdinando Gregório, presidente do Sindicato dos Agentes Públicos do Sistema Penitenciário e Socioeducativo de Santa Catarina (Sindaps/AC): “a classe decidiu por estado de greve até nova assembleia, que será realizada no dia 24/03. Esse encontro pode decidir pela greve ou não, dependendo das respostas do governo”.

Be Sociable, Share!