Projeto do Sindpd-SP vence prêmio de Inovação no SindiMais 2024

Na noite desta quinta-feira (13), o Sindplay foi o vencedor do prêmio SindiMais 2024 na categoria Inovação e Transformação Digital, em cerimônia realizada na Zona Sul de São Paulo. O streaming – apelidado de “Netflix de TI” – concorreu contra projetos inscritos pela Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG) e pelo Sindicato Intermunicipal das Indústrias da Construção Civil do Sul de Minas (Sinduscon-Sul). Foi a 1ª primeira premiação realizada pelo SindiMais – maior evento sindical do Brasil, que realizará sua 6ª edição em novembro deste ano. (Conheça o Sindplay clicando aqui)

“É muito gratificante ver o reconhecimento a um projeto que desenvolvemos para auxiliar o setor de tecnologia da informação na formação e qualificação de profissionais de TI de São Paulo e de todo o país. O Sindplay veio para ficar”, comentou, ao receber o prêmio, Dra. Augusta Raeffray, coordenadora jurídica do Sindpd-SP (Sindicato dos Trabalhadores em Tecnologia da Informação de São Paulo) e da Federação Interestadual dos Trabalhadores em Tecnologia da Informação (Feittinf), entidades que idealizaram o projeto.

No evento, Raeffray representou o presidente do Sindpd-SP, Antonio Neto, que participa da conferência anual da Organização Internacional do Trabalho (OIT) em Genebra (Suíça). Diretora do Sindpd-SP, Priscila Sena Mansonetto também marcou presença.

Leia também: Meli Devlopers, empresa de TI do Mercado Livre, é condenada após ação do Sindpd-SP

O Sindplay é um streaming de formação de capacitação para profissionais de TI lançado em agosto de 2013. Atualmente, já conta com mais de 70 cursos disponíveis – com valor de mercado de mais de R$ 80 mil – e cerca de 15 mil alunos cadastrados. A ferramenta treina profissionais de TI através de uma plataforma online, auxiliando trabalhadores de TI desde seus primeiros passos no mercado de trabalho até especializações de alto nível.

Associados e contribuintes do Sindpd-SP têm bolsa integral de acesso ao Sindplay e no início de 2024, sócios e contribuintes de sindicatos ligados à Feittinf (Sinttec-MG, Sintipar-PR e SitePD-PR) passaram a ter acesso à ferramenta, que segue em processo de expansão. O projeto foi criado em parceria com a Academia Forense Digital (AFD) – importante referência no setor de Forense Digital e Cybersecurity -, garantindo aos alunos material de apoio, emissão de certificado com carga horária e conteúdo programático.

“Quando criamos esse projeto, pensamos em algo moderno e com a cara da categoria. Assim como fomos pioneiros na conquista de direitos como a redução da jornada e a PLR, agora inovamos nos serviços aos associados e ao setor de TI como um todo. Agora, estamos expandindo o Sindplay para outros estados e projetamos levá-lo para todo o Brasil”, avalia Emerson Morresi, presidente da Feittinf e idealizador do Sindplay.

A plataforma atua na formação de profissionais em áreas como segurança da informação, desenvolvimento de software e para a internet, administração de sistemas e redes, ciência de dados, inteligência artificial, gestão de projetos de TI, blockchain e tecnologias de moedas digitais, entre outras. Estão previstos também outros cursos voltados para a transição energética, modelo ESG, diversidade no setor e objetivos para o desenvolvimento sustentável, os chamados ODSs. Toda semana, um novo curso é lançado, sempre de olho nas novas tendências do mercado de TI.

“O Sindplay é uma grande conquista da categoria de TI. Mostramos que a atividade sindical não se resume à sua função principal, que é defender os direitos dos trabalhadores e lutar por melhores salários e condições de trabalho para todos. Também podemos contribuir de muitas outras formas, o que temos feito, em benefício não só do setor, mas de toda a sociedade brasileira”, acrescenta Emerson Morresi.

Pesquisas do setor indicam que existem mais de 1,5 milhão de profissionais no setor macro de TI, sendo que há uma demanda crescente média de 159 mil trabalhadores por ano, enquanto antes eram formados apenas 53 mil novos profissionais. Diante deste desafio que os profissionais enfrentam, bem como o claro déficit de mercado na formação de novos profissionais de TI, o Sindplay foi desenvolvido, possibilitando apoiar o desenvolvimento do Brasil como mercado emergente no setor de tecnologia.

Compartilhe:

Leia mais
greve por redução de jornada
Três projetos sobre redução da jornada tramitam no Senado; pauta é histórica no sindicalismo
livro mpt conalis direito coletivo do trabalho
MPT abre seleção de artigos para livro sobre direito coletivo do trabalho; veja regras
reunião fessergs reestruturação carreiras servidores rs
Servidores do RS pedem mais tempo para debater projetos de reestruturação de carreiras
Diretoria sindicato rodoviarios caxias do sul
Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Caxias do Sul (RS) reelege diretoria
senado e governo reoneração folha de pagamento
STF prorroga prazo para Senado e governo discutirem reoneração da folha de pagamento
eleição diretoria sindicato servidores são vicente 2024
Sindicato dos Servidores de São Vicente (SP) elege nova diretoria em disputa acirrada
lucro recorde fgts 2023
Lucro do FGTS quase dobra em um ano e atinge recorde de R$ 23,4 bilhões em 2023
comissão provisória csb-ba
Presidente da CSB-BA pede afastamento, e Antonio Neto nomeia comissão provisória
reunião centrais e governo lei igualdade salarial
Centrais e governo avaliam resultados do primeiro ano da Lei da Igualdade Salarial
mpt recomendação contadores contribuição sindicatos
Contador não pode incentivar oposição à contribuição sindical, orienta MPT