femergs-pede-que-comunidade-apoie-plano-de-carreira-para-servidores-400x255-1

Femergs pede apoio da comunidade a plano de carreira para servidores

A Federação dos Municipários do Estado do Rio Grande do Sul (FEMERGS), entidade de segundo grau, cumprindo seu papel de proteção do serviço público de qualidade, com servidores valorizados, preparados e respeitados, vem a público colocar a comunidade a par da situação dos servidores públicos municipais da saúde, serviços urbanos e de obras.

Considerando:

– Que o estado de calamidade que o RS se encontra devido à dengue, previsível devido ao crescimento de casos em nosso Estado nos últimos anos, agravado pelo desequilíbrio climático;

– Que, embora a COVID 19 não esteja mais em estado epidemia, ainda assim pela baixa cobertura vacinal continua entre nós e causa transtorno nos hospitais e unidades de saúde; e

– Que o servidor público municipal ingressa no serviço público após concurso.

Queremos alertar a população de que os Servidores Públicos Municipais nos últimos anos têm perdido direitos históricos, com alterações dos Planos de Carreira pela vontade política dos gestores, de forma que muitos servidores recebem complemento para atingir o salário mínimo nacional.

Nesse contexto, reiterando o compromisso de defesa dos servidores públicos municipais solicitamos o apoio da comunidade para defesa do plano de carreira.

Clarice Inês Mainardi, presidente da Femergs

FEMERGS ao lado do trabalhador

Leia também: Dia Internacional da Saúde Mental: Femergs aponta riscos à saúde mental dos servidores

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra