IMG_5112-e1356089920500

CSB realiza reunião com sindicatos em Pernambuco

Central pretende ampliar a luta pelos direitos dos servidores públicos do Estado

No dia 19 de dezembro foi realizada a reunião estadual da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) na cidade de Caruaru, em Pernambuco, com a participação do presidente da Central, Antonio Neto, do vice-presidente da CSB, José Avelino Pereira, de Cosme Ricardo Gomes Nogueira, diretor de educação, cultura, desportos e turismo, e de mais de 60 dirigentes. Dezenas de sindicatos dos servidores públicos de Pernambuco prestigiaram o evento, no qual o presidente da CSB fez questão de expor as lutas e os principais objetivos da Central na batalha pela melhoria das condições de trabalho da categoria.

Antonio Neto destacou a luta da CSB na organização dos sindicatos para o fortalecimento das bases. “A pluralidade e a organização dos trabalhadores para ampliar as conquistas e os direitos são objetivos irrefutáveis da Central”, enfatizou o presidente.

Ele expôs também o trabalho que a CSB faz e ampliará na defesa dos direitos dos servidores públicos do Estado, como a garantia do direito de negociação na categoria, a regulamentação da Convenção 151 da Organização Internacional do Trabalho (OIT). “Lutaremos pela regularização dos sindicatos dos servidores públicos, pela garantia de ganho desses trabalhadores e o fortalecimento da categoria”, explicou Neto.

Direito maculado

Uma das principais lutas da CSB será impedir que as prefeituras paguem menos do que o salário mínimo aos servidores, fato que ocorre atualmente em muitos estados e municípios brasileiros. “Para mascarar, inserem uma série de benefícios e gratificações, que não estão incorporados no salário do trabalhador, para atingir o valor do salário mínimo. Ele pode até receber os vencimentos acima do salário mínimo, mas o salário-base dele fica abaixo, e isso é inadmissível”, bradou Antonio Neto, afirmando que a Central vai lutar para que o salário-base dos servidores seja, pelo menos, equivalente ao salário mínimo, para que eles não sofram defasagem na aposentadoria.

A CSB defende que os benefícios adicionais ao salário são vantagens que o servidor acumula ao longo da carreira e não devem ser considerados o salário efetivo do trabalhador. Por isso a Central vai trabalhar junto ao Congresso Nacional para aprovar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), garantindo que a remuneração mínima dos trabalhadores seja o salário mínimo.

“Trabalharemos na organização dos sindicatos, para atuar na Câmara dos Vereadores, nos municípios, na lei de diretrizes orçamentárias, com o objetivo de garantir que essa aberração seja combatida”, sentenciou Neto.

Mais um nome forte para a CSB e o reconhecimento dos companheiros de luta

Durante o evento, a Executiva Nacional da CSB anunciou a indicação de Maria das Mercês, presidente do Sindicato dos Servidores de Carpina, para a vice-presidência da Central. Neto salientou o trabalho da dirigente na luta pelos direitos dos servidores. “A nossa companheira sempre batalhou pela categoria. Sabemos que ela, como vice-presidente da CSB, nos ajudará e, principalmente, representará os trabalhadores na busca por mais conquistas”, elogiou Antonio Neto.

A CSB também reconheceu o trabalho de Amaro Vasconcelos, presidente da Federação dos Servidores Públicos Municipais de Pernambuco, como defensor incansável dos direitos da categoria, e o presenteou com uma placa. “O Marinho, além de ser um grande amigo, é um dirigente que construiu uma trajetória incontestável em defesa dos servidores públicos municipais e dos trabalhadores brasileiros. Ele merece todo o reconhecimento, todo o respeito e admiração da Central dos Sindicatos Brasileiros”, reconheceu Neto.

Homenagem a um guerreiro

No dia da reunião da CSB, Antonio Neto completou 60 anos de vida, a maioria deles dedicados à luta por um Brasil mais justo e igualitário com a defesa da classe trabalhadora. Ele recebeu como homenagem um vídeo com declarações de familiares e diretores do Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados e Tecnologia da Informação do Estado de São Paulo (Sindpd), do qual também é presidente. Neto comemorou seu aniversário da forma como ele mais atuou na vida: organizando os trabalhadores e lutando por um Brasil mais justo.

Palestras e debates enriquecedores

Além das intervenções dos dirigentes, palestras com importantes personalidades marcaram o evento. A consultora Zilmara Alencar trabalhou durante muitos anos no Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), e compartilhou sua experiência com os dirigentes que participaram da reunião. Zilmara discorreu sobre a representação sindical dos servidores públicos e formas de atuação. A consultora trabalhou temas como a história da categoria e da organização sindical brasileira, debatendo pontos como a unicidade sindical, o cadastro nacional das entidades e a Convenção 151 da OIT.

Jackeline Natal, supervisora técnica do DIEESE em Pernambuco, falou sobre a conjuntura econômica do Brasil no Estado; a situação da remuneração dos servidores públicos no local; as leis que interferem na vida dos servidores públicos; e sobre o curso de negociação coletiva desses trabalhadores que a CSB e o Dieese promoverão em Pernambuco no primeiro trimestre de 2013. Jackeline deu detalhes sobre o curso e os pontos que serão abordados, com o objetivo de estimular os dirigentes a participarem.

Para Cosme Nogueira, a reunião foi uma oportunidade muito valiosa de ouvir palestrantes de alto nível. “Nós, dirigentes da CSB, tivemos a chance de absorver e captar os problemas pelos quais os dirigentes passam no interior. O presidente Neto me incumbiu de realizar plenárias em todos os estados brasileiros para ampliar a luta pelos trabalhadores. Eu me sinto muito feliz de poder ajudar na organização sindical dos servidores públicos e trabalhar para o crescimento da CSB”, finalizou Cosme Nogueira.

VEJA A GALERIA DE FOTOS DA REUNIÃO

Compartilhe:

Leia mais
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende fortalecimento dos sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas (RS) começam a negociar acordos em novo cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra
carteira vazia contas a pagar salário mínimo
Salário mínimo no BR é menos da metade do valor necessário para garantir vida digna
reajuste salarial TI Paraná
Trabalhadores de TI do Paraná terão 5% de aumento salarial; veja pisos de cada função
assembleia feserp mg
Feserp-MG convoca sindicatos para assembleia de reformulação do estatuto
instrutor de yoga entra na cbo
Ufólogo, instrutor de yoga e outras 17 ocupações são incluídas na CBO