Servidores públicos de Barra Velha fazem manifestação por reajuste dos salários

No último dia 4 de setembro, quarta-feira, os funcionários públicos da cidade de Barra Velha entraram em greve geral e realizaram novas assembleias. As duas manifestações – uma de manhã e outra à tarde – reuniram cerca de 200 trabalhadores e aconteceram na frente da prefeitura do município, que conta com cerca de 1100 profissionais da categoria.

A motivação central da paralização é reivindicar o reajuste salarial, que não acontece a três anos, acumulando uma reposição de 15,26 por cento. Questões como vale-alimentação de 300 reais e melhores condições de trabalho também estavam em pauta.

Os conflitos se iniciaram no início de maio, quando aconteceu a data-base da categoria e não houve, por parte do poder executivo da cidade, nenhuma resposta ou atenção em relação às demandas dos trabalhadores. “Nós já fizemos mais de duas assembleias. Nossa data-base foi dia 01 de maio e até agora o poder executivo não deu atenção às nossas reivindicações. Inclusive não houve reunião alguma” como conta Jossias Coutinho, presidente da Sintrambav, que representa os funcionários públicos da região.

No meio tempo entre as duas assembleias que aconteceram na quarta-feira, os grevistas esperaram uma manifestação ou proposta por parte da prefeitura, que seria apresentada aos funcionários. Porém não aconteceu. “Ficamos esperando o poder executivo, que fez apenas uma nota mentirosa em um jornal. Agora iremos continuar com o estado de greve e começar a operação tartaruga. Faremos também um protesto dia 07 de setembro”, disse Jossias.

Compartilhe:

Leia mais
Chinelo - Antonio Neto e Cosme Nogueira fundação Fesmig
CSB, Sinab e CSPM celebram criação da Fesmig - Federação dos Servidores de Minas Gerais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)