Pirapora-1.2.18-2

Servidores de Pirapora fazem Ato de Repúdio contra a Administração Municipal

Os servidores públicos municipais de Pirapora, coordenados pelo Sindicato da categoria (SINDIPIRA), fizeram, na tarde desta quinta-feira (primeiro de fevereiro), um grande Ato de Repúdio contra a Administração Municipal, nas figuras da prefeita Marcela Ribas e da secretária municipal de Educação Mara Bianca. O ato começou em frente à Prefeitura e depois, em passeata, os manifestantes se dirigiram até o prédio onde funciona a Secretaria Municipal de Educação.

Com palavras de ordem, exigindo respeito, os servidores pediram a presença da secretária, para que ela, inicialmente, justificasse o não comparecimento à Assembléia realizada na quarta-feira (31 de janeiro). Mara Bianca apareceu e prometeu uma reunião para segunda-feira (5 de fevereiro), às 14h.

O Ato de Repúdio teve o apoio da FESERP-MG e da CSB (Central dos Sindicatos Brasileiros) e a presença de alguns vereadores, comerciantes, cidadãos e de representantes dos sindicatos dos Tecelões e dos Metalúrgicos – todos no apoio ao movimento que visa melhorias nas condições de trabalho de todos os servidores de Pirapora.

Fonte: Feserp-MG

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra