Senado aprova votação de urgência do projeto que regulamenta o transporte individual

Durante toda terça-feira (24), taxistas permaneceram mobilizados nas ruas e em corpo a corpo com senadores

O Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (24), por 46 votos a favor e 7 contra, requerimento para tramitação em regime de urgência do Projeto de Lei da Câmara 28/2017, que regulamenta o transporte remunerado privado individual de passageiros. Conforme anúncio do presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira (PMDB-CE), a matéria deve ser votada na próxima terça (31).

“A votação da urgência foi importantíssima porque isso dá uma celeridade ao PLC. Se essa urgência não tivesse sido aprovada, o projeto voltaria ao final da fila e não teria previsão de quando seria votado. A aprovação nos traz tranquilidade”, disse o diretor do Sindicato dos Taxistas do Estado do Ceará (SINTAXI/CE) e vice-presidente da CSB, Francisco Albuquerque Moura.

Durante toda terça, taxistas permaneceram mobilizados em manifestação em frente ao Congresso Nacional e em corpo a corpo com senadores. “Isso só mostra a importância da mobilização da categoria. Os taxistas dentro e fora do Senado mobilizados em uma só missão, que é a aprovação do PLC. Para nós foi uma vitória muito grande, com uma larga diferença de votos”.

Na avaliação do presidente do SINDITAXI/CE e vice-presidente da CSB Ceará, Vicente de Paula, a aprovação do requerimento é mais um passo para a população ter um serviço de transporte com mais segurança ao saber a procedência do motorista e do veículo.

Mesmo com a vitória, o trabalho continua até o final da tramitação. “Continuamos fazendo pressão para que os senadores mantenham o compromisso com a categoria. O PLC é a regulamentação da atividade que surge agora, e a gente entende que a aprovação do projeto vai resultar em concorrência em pé de igualdade”, analisou o presidente do Sindicato dos Taxistas do Estado de Alagoas, Ubiraci Correia de Lima, o Bira.

Há 34 anos na profissão, o taxista José Cláudio Freitas dos Santos está confiante de que os senadores votarão a favor da matéria na próxima semana.

Corpo a corpo

As lideranças da categoria tiveram diversos encontros com parlamentares para buscar apoio ao projeto. Os representantes conversaram com os senadores Tasso Jereissati (PSDB-CE), Ricardo Ferraço (PSDB- ES), Pedro Chaves (PSC-MS), entre outros.

CCT

Antes da sessão plenária, às 15h, o texto foi debatido nesta terça em reunião extraordinária na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT). Porém, não houve acordo entre os senadores. Por tanto, por acordo de líderes, a matéria seguiu para o Plenário do Senado.

Compartilhe:

Leia mais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)
Nota das centrais selic
Centrais pedem redução dos juros: "por desenvolvimento com justiça social"