Senado aprova emenda que poderá incluir taxistas no programa de Renda Básica

Na última segunda-feira (06), foi aprovado no Senado uma emenda que inclui taxistas na Renda Básica de Cidadania Emergencial, que irá pagar a quantia de R$ 600,00 a trabalhadores auntônomos e informais. O texto, que é de autoria do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), beneficia, além dos taxistas, profissionais que exerçam funções regulamentados por leis específicas.

No momento a emenda encontra-se sob apreciação da Câmara dos Deputados.

De acordo com Francisco Moura, presidente do Sinditaxi e vice-presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), a emenda se fez necessária, pois os motoristas de taxi estão sendo diretamente atingidos pela crise da Covid-19. “Nós entramos em contato com o Tasso Jereissati, que se mostrou atento à causa e fez a emenda. É importante lembrar que o faturamento caiu cerca de 90% para o taxistas. Existem trabalhadores abandonando a profissão pois não conseguem arcar com as despesas”, comentou Moura.

Além da emenda, Moura e o Sinditaxi também protocolaram um documento, que foi enviado ao Governador do Ceará, Camilo Santana (PT), e ao prefeito de Fortaleza, Roberto Claudio (PDT). O texto solicita materiais de apoio aos motoristas de taxi, que estão diretamente expostos ao coronavírus. “Além de cestas básicas, para ajudar os profissionais que não estão arcando com as despesas, também pedimos objetos de proteção, como máscaras e alcool gel”, finalizou Moura.

É importantes lembrar que este projeto ainda precisa ser aprovado na Câmara e sancionado por Bolsonaro para entrar em vigor.

Compartilhe:

Leia mais
Chinelo - Antonio Neto e Cosme Nogueira fundação Fesmig
CSB, Sinab e CSPM celebram criação da Fesmig - Federação dos Servidores de Minas Gerais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)