Rurais do Amazonas aprovam documento-base com demandas da categoria

No texto, dirigentes criticaram a reforma previdenciária e pediram educação, saúde e lazer

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Carneiro, Manaus e Iranduba (SINDRURAL/AM), Maria Lucinete Nicacio de Lima, representou a Central no VII Congresso da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Agricultura Familiar do Estado do Amazonas. Realizado nos dias 21 e 22, em Manaus, o encontro foi marcado pela aprovação de documento-base com as principais urgências da categoria.

Entre outros assuntos, o documento criticou duramente a reforma da Previdência. “Nós somos contra os trabalhadores do campo pagarem a Previdência Social porque nós pagamos com nosso corpo. A partir dos 30 anos nós já estamos doentes. Principalmente na região amazônica em que estamos à mercê de doenças tropicais”, afirmou Maria.

“Nunca nenhum governo olhou para essa questão tanto a nível estadual como a nível federal”.

Enviado às autoridades competentes, o texto reforça que há falta de políticas sociais para o trabalhador do campo.

“Não há aceso aos benefícios divulgados, só vemos propaganda, mas não tem nada na conta”, disse. Os trabalhadores jovens pediram lazer, saúde, educação e posse de terras.

Quando o assunto é saúde, a dirigente contou que a juventude enfrenta a alta exposição aos agrotóxicos. “Eles sofrem muito, estamos perdendo jovens no campo, afirmou a presidente”, que também é 1ª secretária do Meio Ambiente da CSB.

Além do documento, os 152 delegados representantes de 33 municípios acompanharam palestras sobre reforma agrária, política agrícola, assalariados rurais, políticas sociais (mulheres do campo) e meio ambiente.

 

Compartilhe:

Leia mais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)
Nota das centrais selic
Centrais pedem redução dos juros: "por desenvolvimento com justiça social"