Governo remarca reunião para discutir reajuste de servidores federais; categoria pede 13,4%

Reajuste de servidores federais – A 3ª reunião da Mesa Nacional de Negociação Permanente com servidores públicos que deveria ter ocorrido nesta terça (7) foi remarcada para a próxima sexta-feira, dia 10. Junto ao Ministério da Gestão e Inovação, representantes dos servidores do executivo federal negociam um reajuste para a categoria. 

No 2º encontro, realizado em 28 de fevereiro, os sindicalistas apresentaram uma contraproposta de reajuste de 13,4%. O governo havia proposto reajuste salarial de 7,8%, além de um aumento de R$ 200 no vale alimentação. 

A proposta inicial foi considerada insuficiente pelos servidores, tendo em vista que algumas categorias já acumulam perdas que chegam a 27%. Trabalhadores da Seguridade Social e da Anvisa, por exemplo, estão com salários congelados há sete anos. 

Além de um reajuste maior, os sindicalistas pediram que os R$ 200 reais a mais para alimentação fiquem de fora dos R$ 11,2 bilhões já reservados pela PEC da Transição para o reajuste de servidores federais. 

A reunião abordou também questões como a coparticipação do governo no plano de saúde de seus funcionários e um possível aumento no valor do auxílio creche.  

A expectativa para o próximo encontro é de que o governo aumente a proposta de 7,8% e de que seja possível fechar um acordo já na sexta. 

Compartilhe:

Leia mais
Chinelo - Antonio Neto e Cosme Nogueira fundação Fesmig
CSB, Sinab e CSPM celebram criação da Fesmig - Federação dos Servidores de Minas Gerais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)