Rio-2016-3

Olimpíadas Rio 2016 – Um Brasil protagonista aos olhos do mundo

A 31ª edição dos Jogos Olímpicos, realizada no Rio de Janeiro, mostrou ao Brasil e ao mundo a capacidade, a eficiência e o talento do povo brasileiro para organizar o maior evento esportivo do planeta. Mais uma vez, o povo respondeu com eficiência àqueles que, dentro e fora do País, insistiam em afirmar que as Olimpíadas do Rio seriam um fracasso.

O velho complexo de “vira-lata”, que parte da elite brasileira fazia questão de espalhar, foi derrotado pela realização de uma das mais belas, organizadas e inesquecíveis Olimpíadas da história. Protagonistas do evento, os brasileiros provaram que esse sentimento indigno jamais se sustentará.

Com criatividade, inteligência e eficácia, o Brasil recebeu pessoas do mundo inteiro e ainda mostrou, com beleza e graça, a cultura, a diversidade e a inventividade de seu povo. As cerimônias de abertura e encerramento mostraram ao mundo e a nós, brasileiros, uma Nação rica, multifacetada e capaz de superar os seus desafios.

Foi necessário apenas enaltecer nossa autoestima para que ela despertasse em cada cidadão a certeza de um País capaz de ser protagonista em qualquer realização. Brilhamos também nos campos, ginásios, nas areias e no mar. Superamos o recorde de medalhas de ouro e vencemos nossas disputas com alegria e espírito olímpico.

A Central dos Sindicatos Brasileiros parabeniza e enaltece os atletas brasileiros, organizadores e as autoridades responsáveis pelo evento. É um orgulho fazer parte desta história. O mês de agosto de 2016 ficará marcado como um legado da Nação para o futuro de seu povo.

Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB)

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra