dieese1

Movimentadores de mercadorias terão curso de negociação coletiva em Maringá

Cidade paranaense sediará a próxima edição do evento promovido pela CSB e a Federação da categoria em parceria com o Dieese

Nos dias 10 e 11 de julho, a CSB e a Federação dos Trabalhadores na Movimentação de Mercadorias em Geral, Auxiliares de Administração no Comércio de Café em Geral e Auxiliares de Administração de Armazéns Gerais (Fentramacag) promoverão o Curso de Estrutura e Processo de Negociação Coletiva para os dirigentes dos Sindicatos dos Movimentadores de Mercadorias do Paraná. A iniciativa é uma parceria com o Dieese.

Essa edição será realizada em Maringá e foi especialmente preparada para os representantes da categoria com o objetivo de capacitar os dirigentes, oferecendo a eles conhecimento sobre todos os processos de uma negociação coletiva, desde a esfera jurídica até a prática.

Para Raimundo Firmino dos Santos, presidente da Fentramacag, o curso norteia os dirigentes nos momentos difíceis da negociação com o patronal. “A cada dia, o processo de negociação exige capacitação, e esse curso é um enriquecimento no processo de liderança para os dirigentes, para que eles saibam como enfrentar as adversidades”, explicou.

O curso, que terá jornada de 24 horas e acontecerá no Bristol Metrópole Hotel, será ministrado para cerca de 35 dirigentes. Com esta iniciativa, a CSB mostra seu trabalho de luta pelos direitos dos trabalhadores na movimentação de mercadorias.

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra