Guardas municipais fazem passeata pela regulamentação da profissão

O movimento por melhores condições de trabalho reuniu cerca de 200 manifestantes 

As Guardas Municipais de São Paulo e de diversas outras cidades do Brasil participaram na última sexta-feira (10 de fevereiro) de uma passeata pela regulamentação da profissão. O ato, que reuniu aproximadamente 200 pessoas e recebeu o nome de Primeira Marcha Azul Marinho Paulista, teve início na Avenida Paulista e se encerrou na Câmara Municipal. Após a manifestação houve também um seminário sobre prevenção à violência, que ressaltou a importância da Guarda Civil Metropolitana (GCM) na segurança dos municípios.

A iniciativa contou com o suporte da Central Sindical de Profissionais (CSP). O apoio da entidade ao movimento de luta das Guardas Municipais permitiu a participação de representantes dos municípios de Mangaratiba, Niterói, Paty do Alferes, Cachoeiras de Macacu, Petrópolis, Paracambi, Barra Mansa, Macaé e Maricá. “A CSP contribuiu para o transporte de todos os participantes do Rio de Janeiro que vieram para a marcha. Esse movimento marcou, também, a entrada da CSP na luta das Guardas Municipais pela criação de uma secretaria para cuidar especificamente dos assuntos da categoria”, destaca o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Mangaratiba (Sispmum) no estado do Rio de Janeiro e Secretário Nacional dos Guardas Municipais da CSP, Valdecir Moreira de Freitas.

Segundo Valdecir, a regulamentação das Guardas Municipais é de grande importância para a segurança pública. “A profissionalização das Guardas Municipais e a capacitação desses profissionais é necessária. Precisamos da criação de uma identidade institucional para o guarda e da definição de seu o verdadeiro papel na sociedade. Além de inseri-lo no planejamento da segurança pública”, ressalta. Para o próximo mês está previsto um evento no estado da Bahia.

Fonte: Assessoria CSP

Compartilhe:

Leia mais
mpt recomendação contadores contribuição sindicatos
Contador não pode incentivar oposição à contribuição sindical, orienta MPT
CSB no Forum Interconselhos 2024
Governo retoma Fórum Interconselhos com G20 Social e Plano Clima em foco; CSB participa
reuniões centrais sindicais 16 e 18 julho
Centrais realizam reuniões por região nos dias 16 e 18 de julho sobre agenda legislativa; participe
reunião CNT 10-7-24
CNT discute ação coordenada diante de transformações no mercado de trabalho
Ernesto e Álvaro CSN reunião Consea
CSB indicará nome para substituir Lino de Macedo no Conselho de Segurança Alimentar
protesto servidores Ipsemg 9-7-24
Em meio a protestos dos servidores, projeto sobre Ipsemg tem votação adiada
ministro do trabalho luiz marinho saqui aniversário fgts
Ministro do Trabalho quer fim do bloqueio do FGTS para quem optou por saque-aniversário
regra-nas-relacoes-de-trabalho-clemente-ganz-lucio
Clemente Ganz: Negociação coletiva e a estratégia de desenvolvimento produtivo
Projeto de lei motoristas em apps
Centrais sindicais criticam alterações em projeto de motoristas em apps
Protesto servidores Ipsemg
Sindicato dos Servidores do Ipsemg convoca para protesto contra projeto sobre o Instituto