Aecio-Neves-Foto-George-Gianni-PSDB-41-e1402508772602

Folha de São Paulo é condenada pelo TRE/RJ por campanha eleitoral antecipada de Aécio Neves

Coluna do candidato à Presidência pelo PSDB apresenta compromissos eleitorais do partido para as próximas eleições

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE/RJ) determinou  ao jornal Folha de São Paulo a retirada de uma coluna do candidato à Presidência Aécio Neves, publicada no dia 26 de maio no site do jornal. De acordo com o juiz Guilherme Pedrosa Lopes, o senador realizou, com o apoio da Folha, campanha eleitoral antecipada.

O processo foi abertoapós uma denúncia anônima encaminhada ao setor de fiscalização do TRE/RJ um dia depois da publicação da coluna. A denúncia diz que o senador utiliza o jornal e a “mídia em geral” para fazer campanha fora do prazo legal.

No texto, intitulado “O fim da miséria”, Aécio faz críticas ao atual governo e apresenta os compromissos do PSDB com a população, deixando claro o intuito eleitoral  da publicação. O presidenciável é colunista da Folha desde 2011 e seus textos sempre são carregados de ataques ao PT e ao governo da presidenta Dilma Rousseff.

A decisão do Tribunal foi publicada no dia 28 de maio, mas o jornal diz que foi notificado apenas nesta terça-feira, 10 de junho. A publicação afirmou que não retirará o texto do ar e que vai recorrer da decisão.

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra