FESERP-MG prepara e convoca para a Greve Geral desta sexta-feira

Desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira (29 de junho), a FESERP-MG está preparando e convocandoos trabalhadores para a Greve Geral desta sexta-feira (30 de junho).

Acompanhado de vários diretores do SINSERPU-JF (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Juiz de Fora), o presidente da Federação, CosmeNogueira, percorreu três pontos de trabalho da Prefeitura: o Demlurb, a Empav (respectivamente as empresas de limpeza urbana e de pavimentação da cidade) e a Secretaria Municipal de Obras, falando da importância da paralisação. A atividade – com carro de som e distribuição de panfletos – contou com o apoio também da CSB (Central dos Sindicatos Brasileiros), da CSPB (Confederação dos Servidores Públicos do Brasil) e do SINAGUA-JF (Sindicato dos Trabalhadores no Serviço de Água e Esgoto de Juiz de Fora).

“É uma greve contra o estado atual das coisas, com um governo impopular e corrupto forçando reformas que são extremamente prejudiciais aos trabalhadores, tirando direitos e promovendo injustiças e empobrecimento da população”, resumiu Cosme Nogueira. “Além disso, aqui em Juiz de Fora há um motivo a mais para cruzar os braços, já que o prefeito Bruno Siqueira (PMDB) está ‘oferecendo’ apenas 0,5% de reajuste salarial – uma proposta, sem dúvida, indecorosa. Então, é fora Temer e fora Bruno”, completou o presidente do SINSERPU-JF, Amarildo Romanazzi.

Depois da presença dos si

ndicalistas nos pontos de trabalho, o carro de som percorreu vários bairros da cidade. Para a parte da tarde estão previstos novas panfletagens. Nesta sexta-feira, a concentração para a Greve, com um Ato Público, será a partir das 9h, na Praça da Estação.

O panfleto/convocação sobre a greve geral, distribuído aos trabalhadores:

Atenção trabalhadores, trabalhadoras, estudantes e aposentados.

Diante da ofensiva de um governo ilegítimo e de um presidente golpista e corrupto de retirar direitos do povo brasileiro, a CSB, a CSPB, a FESERP-MINAS, o SINSERPU-JF e o SINAGUA convocam todos a paralisar suas atividades e aderir à Greve Geral desta sexta-feira, 30 de junho, com concentração e ato público a partir das 9h, na Praça da Estação.

E você, servidor público municipal tem um motivo a mais para parar: 0,5% de reajuste salarial oferecido pela Prefeitura é um desrespeito!

            Não às reformas!

            Não a este governo!

            Não à corrupção!

            Fora Temer!

            Eleições gerais já!

CSB – Central dos Sindicatos Brasileiros

CSPB – Confederação dos Servidores Públicos do Brasil

FESERP-MG – Federação dos Servidores Públicos de Minas Gerais

SINSERPU-JF – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Juiz de Fora

SINAGUA-JF – Sindicato dos Empregados nas Indústrias e Serviços de Purificação e/ou Distribuição de Água e Serviços de Esgoto de Juiz de Fora

Fonte:  FESERP-MG

Compartilhe:

Leia mais
Chinelo - Antonio Neto e Cosme Nogueira fundação Fesmig
CSB, Sinab e CSPM celebram criação da Fesmig - Federação dos Servidores de Minas Gerais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)