Diretoria Executiva aprova a realização do Congresso Nacional da CSB

Evento acontecerá em Brasília, em fevereiro de 2016. Dirigentes também debateram o recente Programa de Proteção ao Emprego criado pelo governo

A Diretoria Executiva da CSB se reuniu ontem (7) e aprovou a realização do II Congresso Nacional da Central entre os dias 24 e 26 de fevereiro de 2016. O evento acontecerá em Brasília e contará com a presença de 1500 dirigentes sindicais, além de autoridades, políticos e expositores. Palestras com personalidades, sobre temas de interesse nacional, também estão na programação.

Antonio Neto explicou que o Congresso tratará de assuntos do cenário político, econômico, social, além de temas essenciais para a realidade dos trabalhadores. “Teremos três grandes eixos de discussão: a reindustrialização do Brasil, o fortalecimento da Central e da luta na defesa da classe operária”, disse o presidente da CSB sobre os ideais de independência, desenvolvimento e justiça social propostos para o evento.

Outro assunto de destaque na reunião foi a divulgação do Programa de Proteção ao Emprego (PPE), por meio da Medida Provisória 680/2015, criado pelo governo para socorrer as montadoras de automóveis. Neto debateu com os dirigentes o caráter nocivo da proposta, que utiliza recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) para custear os lucros das empresas.

“Esse projeto representa o financiamento das empresas. O PPE vai pegar o dinheiro do FAT e completar parte do salário dos trabalhadores, além de forçar o aceite da redução da jornada de trabalho em 30% e redução de salário em 30%”, ressaltou.

“A multinacional faz o que ela quer com o dinheiro do FAT. Temos que debater a proposta com a presidenta Dilma, porque nada que tira direito e salário do trabalhador pode ser considerado bom”, reiterou. O custo projetado para o programa é de R$ 95 milhões para um ano e meio, sendo R$ 26,9 milhões em 2015 e R$ 67,9 milhões em 2016.

Em defesa dos recursos do FAT e pela manutenção dos direitos trabalhistas, a CSB emitiu hoje (8) uma nota sobre o PPE. Leia abaixo.

CSB divulga nota sobre o Programa de Proteção ao Emprego (PPE)

Reunião da Direção Nacional da CSB - alta (22)

Os dirigentes também discutiram os recentes ataques sexistas contra a presidenta Dilma Rousseff. Uma campanha nas mídias sociais e por meio de adesivos faz apologia à violência sexual contra as mulheres. Em repúdio a esta iniciativa misógina, a CSB também emitiu uma nota condenando a prática.

“Nós da CSB, em respeito a todas as mulheres, solicitamos aos órgãos competentes que investiguem e punam, com o rigor da Lei, os responsáveis pela produção e utilização do material infame que deprecia a imagem da líder política brasileira de maneira vergonhosa”, diz o comunicado. Veja a íntegra abaixo.

CSB repudia ataques sexistas contra a presidenta Dilma Rousseff

Organização

A consolidação da CSB também teve destaque na reunião quando Antonio Neto lembrou o acentuado crescimento da Entidade em um curto espaço de tempo. “Em três anos crescemos, nos consolidamos e estamos mais do que preparados para os enfrentamentos. A nossa tarefa principal é consolidar os quadros e fortalecer a base de sindicatos, além de trazer novos companheiros dispostos a nos ajudar nessas batalhas”, reforçou.

Para a Executiva, é necessário unir forças contra o capital e os especuladores. “Precisamos ter essa clareza e essa consciência. Temos muita coisa para discutir e primeiramente temos que ter uma visão crítica e ideológica, e estarmos alinhados para criticar o que tem de errado no governo e apoiar o que está certo”, pontuou o presidente da CSB.

Além da consolidação global, a Entidade também se organiza para estruturar suas regionais em cada estado brasileiro. “Estamos nos quatro cantos do País. Sempre tivemos como ideal ir onde o trabalhador está. E, para isso, vamos trabalhar forte para fortalecer a estrutura de nossas regionais por esse Brasil afora”, destacou.

Confira a galeria de fotos da reunião da Executiva Nacional da CSB.

Compartilhe:

Leia mais
reunião fessergs reestruturação carreiras servidores rs
Servidores do RS pedem mais tempo para debater projetos de reestruturação de carreiras
Diretoria sindicato rodoviarios caxias do sul
Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Caxias do Sul (RS) reelege diretoria
senado e governo reoneração folha de pagamento
STF prorroga prazo para Senado e governo discutirem reoneração da folha de pagamento
eleição diretoria sindicato servidores são vicente 2024
Sindicato dos Servidores de São Vicente (SP) elege nova diretoria em disputa acirrada
lucro recorde fgts 2023
Lucro do FGTS quase dobra em um ano e atinge recorde de R$ 23,4 bilhões em 2023
comissão provisória csb-ba
Presidente da CSB-BA pede afastamento, e Antonio Neto nomeia comissão provisória
reunião centrais e governo lei igualdade salarial
Centrais e governo avaliam resultados do primeiro ano da Lei da Igualdade Salarial
mpt recomendação contadores contribuição sindicatos
Contador não pode incentivar oposição à contribuição sindical, orienta MPT
CSB no Forum Interconselhos 2024
Governo retoma Fórum Interconselhos com G20 Social e Plano Clima em foco
reuniões centrais sindicais 16 e 18 julho
Links: centrais realizam reuniões sobre agenda legislativa nos estados