CSB lamenta a morte de Nelson Mandela

Herói da luta contra o apartheid, ex-presidente da África do Sul é símbolo de coragem e grande inspiração para o mundo

Morreu ontem, 5 de novembro, o ex-presidente da África do Sul e maior símbolo da luta contra o apartheid, Nelson Mandela. Aos 95 anos, ele sofria de uma grave infecção pulmonar. Mandela lutou incansavelmente pelo fim do regime de segregação racial que dominou aquele país por mais de 40 anos.

A Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) lamenta profundamente a perda do maior herói sul-africano e de um dos mais importantes ícones do século 20.

Este momento é de imensurável tristeza para todos que batalham por justiça e pela liberdade de seus povos oprimidos e subjugados. A comoção mundial pela morte do ex-presidente da África do Sul representa sua importância para a humanidade e a certeza de que combater as desigualdades é e sempre será o melhor caminho.

Em nome de seus ideais de justiça, Mandela ficou preso injustamente durante 27 anos, mas jamais perdeu as esperanças de transformar seu país numa nação democrática e igualitária, na qual brancos e negros tivessem os mesmos direitos e deveres.

Em 1994 – ano de sua eleição para presidência da África do Sul -, Nelson Mandela afirmou em entrevista: “A morte é algo inevitável. Quando um homem fez o que considera ser seu dever para com seu povo e seu país, ele pode descansar em paz. Acredito tê-lo feito, e é por isso que dormirei por toda a eternidade”.

O mundo inteiro também acredita e tem certeza disso.

Central dos Sindicatos Brasileiros

Compartilhe:

Leia mais
Chinelo - Antonio Neto e Cosme Nogueira fundação Fesmig
CSB, Sinab e CSPM celebram criação da Fesmig - Federação dos Servidores de Minas Gerais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)