Antonio-Neto-Print-CSB-e1430405458192

CSB faz mobilização em Brasília nos dias 5 e 6 de maio contra as MPs 664 e 665

Dirigentes de todo o Brasil farão ação no aeroporto de Brasília e no Congresso Nacional

Nos dias 5 e 6 de maio, a CSB organizará uma mobilização em Brasília contra as Medidas Provisórias 664 e 665, que restringem o acesso de milhões de trabalhadores a benefícios como seguro-desemprego, abono salarial e pensão por morte.

Dirigentes sindicais de todo o Brasil farão uma ação de panfletagem no dia 5 no aeroporto de Brasília, a partir das 8 horas, para aguardar a chegada dos deputados e senadores que voltam de seus estados de origem. Os sindicalistas pretendem conversar com os parlamentares para expor a eles as consequências danosas que as MPs causarão a milhões de trabalhadores e pedir apoio na derrubadas das Medidas no Congresso. Às 14 horas, os dirigentes da CSB estarão no Congresso Nacional para protestar contra a votação da MP 664.

No dia 6 a programação contempla uma extensa mobilização na Casa, junto aos parlamentares, pela derrubada das MPs.

A CSB divulgou um vídeo em que o presidente Antonio Neto convoca seus dirigentes, trabalhadores e sociedade para pressionar os parlamentares a não aprovarem as Medidas. Este é o mote da Central no 1º de Maio, Dia do Trabalhador.

Assista ao vídeo abaixo:

Para baixar os materiais produzidos pela CSB sobre a mobilização para a derrubada das MPs, clique aqui.

Confira as últimas notícias sobre o debate e a votação das MPs produzidas pela CSB:

Veja a lista dos parlamentares que votaram pelo corte de direitos dos trabalhadores na MP 665

Comissão do Senado aprova proposta do governo de assalto ao seguro-desemprego e abono salarial

MPs 664 e 665 representam o retrocesso e a perda de direitos trabalhistas

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra