Conselho Estadual de Trabalho e Renda inicia debates sobre o piso salarial do Rio de Janeiro

No encontro também foram debatidas as ações do Observatório de Emprego e Renda do Estado

O Conselho Estadual de Trabalho e Renda do Rio de Janeiro (CETERJ) se reuniu, no último dia 27 de julho, para debater as ações do Observatório de Emprego e Renda do Estado, definir os membros da Comissão de Saúde e Acidentes de Trabalho, a regularização de representantes das bancadas patronal e laboral do CETERJ e iniciar a discussão sobre o piso estadual.

A CSB participa das reuniões como convidada com direito a voz. Os representantes da Central neste encontro foram Francisco Viana Balbino, secretário-geral do Sindicato dos Técnicos Industriais do Estado do Rio de Janeiro (SINTEC-RJ), e o presidente do Sindicato dos Empregados de Edifícios de Niterói (Seen), José Juvino da Silva Filho.

Balbino explicou que a discussão sobre o piso salarial do Rio de Janeiro irá ser retomada no dia 15 de agosto. “Antes desta reunião, nós da CSB-RJ queremos reunir os representantes das categorias que são afetadas pelo piso estadual e definirmos o nosso posicionamento como Central. Porque esse é o momento de conseguirmos melhorias para os trabalhadores. Não adianta depois que a decisão for tomada recorrer. É agora que temos que nos organizar, articular e defender os interesses da classe trabalhadora”, afirmou.

Segundo Francisco Viana Balbino, é muito importante a participação da CSB nos debates do CETERJ. “Estamos lá como convidados com direito a voz, e a voz quando é bem usada, ela pode conseguir votos que são fundamentais para as categorias que representamos”, disse.

Compartilhe:

Leia mais
Chinelo - Antonio Neto e Cosme Nogueira fundação Fesmig
CSB, Sinab e CSPM celebram criação da Fesmig - Federação dos Servidores de Minas Gerais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)