Condições adequadas são essenciais para evitar acidentes de trabalho

Entre 2007 e 2013, intensificou-se o número de casos de acidentes de trabalho no SUS. Foram registradas 579.388 notificações

Cooperativados, estagiários, aprendizes, desempregados, aposentados e até mesmo empregadores podem apresentar ou ter apresentado agravos e doenças provocados pelo trabalho que exercem ou exerceram.

No Brasil, entre 2007 e 2013, tem se intensificado o registro dos acidentes de trabalho no SUS, que representaram neste período 579.388 notificações e 9.034 casos de morte. A saúde de todos os trabalhadores brasileiros é de responsabilidade do Sistema Único de Saúde (SUS).

Na perspectiva da promoção da saúde dos trabalhadores, o combate a essa forma de violência é uma prioridade das ações desenvolvidas no âmbito da Rede Nacional de Saúde do Trabalhador (Renast) em articulação com instâncias internas e externas ao SUS.

Condições adequadas de alimentação, moradia, educação, transporte, lazer e acesso aos bens e serviços são fatores determinantes para a saúde dos trabalhadores, que têm sua qualidade de vida afetada de forma direta. É também direito básico dos trabalhadores a garantia de trabalho saudável que não gere adoecimento ou morte.

Os acidentes e as doenças de trabalho são resultado de sua condição de vida e fatores de risco ou perigos presentes nos locais de trabalho. Muitos desses fatores são bem conhecidos, mas outros não, como por exemplo, aqueles que são gerados pelas novas tecnologias e novas formas de organizar e gerir o trabalho.

A forma de intervenção e estratégias para redução da morbimortalidade relacionadas aos acidentes de trabalho consideram a natureza múltipla de sua determinação e impactos na saúde. Nesse sentido, os trabalhadores e suas representações devem participar da análise dos eventos definindo estratégias de intervenção adequadas aos múltiplos contextos dos diversos tipos de acidentes.

As mortes no transporte e por arma de fogo associadas ao trabalho se constituem tipos de acidentes de trabalho em que a sociedade como um todo está envolvida em seu modo de vida. Por isso, torna-se vital pensar a prevenção dos acidentes também nos espaços públicos.

O SUS tem a atribuição de cuidar da saúde de todos os trabalhadores, de acordo com a Constituição Federal de 1988 e a Lei Orgânica de Saúde (Lei 8080). A rede de serviços do SUS desenvolve ações de promoção, proteção e vigilância à saúde e de assistência, incluindo a reabilitação de trabalhadores, como previsto na Política Nacional de Saúde do Trabalhador e Trabalhadora – PNSTT (Portaria nº 1.823 MS/GM de 23 de agosto de 2012).

Fonte: Portal Brasil

Compartilhe:

Leia mais
reunião fessergs reestruturação carreiras servidores rs
Servidores do RS pedem mais tempo para debater projetos de reestruturação de carreiras
Diretoria sindicato rodoviarios caxias do sul
Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Caxias do Sul (RS) reelege diretoria
senado e governo reoneração folha de pagamento
STF prorroga prazo para Senado e governo discutirem reoneração da folha de pagamento
eleição diretoria sindicato servidores são vicente 2024
Sindicato dos Servidores de São Vicente (SP) elege nova diretoria em disputa acirrada
lucro recorde fgts 2023
Lucro do FGTS quase dobra em um ano e atinge recorde de R$ 23,4 bilhões em 2023
comissão provisória csb-ba
Presidente da CSB-BA pede afastamento, e Antonio Neto nomeia comissão provisória
reunião centrais e governo lei igualdade salarial
Centrais e governo avaliam resultados do primeiro ano da Lei da Igualdade Salarial
mpt recomendação contadores contribuição sindicatos
Contador não pode incentivar oposição à contribuição sindical, orienta MPT
CSB no Forum Interconselhos 2024
Governo retoma Fórum Interconselhos com G20 Social e Plano Clima em foco
reuniões centrais sindicais 16 e 18 julho
Links: centrais realizam reuniões sobre agenda legislativa nos estados