Cidadãos ítalo-brasileiros têm até o dia 23/02 para votar nas eleições do Parlamento Italiano

Um dos candidatos é Luis Molossi, advogado e candidato a deputado, que visitou a CSB e apresentou suas propostas de fortalecimento das relações entre Brasil e Itália

As eleições legislativas italianas acontecem no próximo dia 4 de março. Milhares de brasileiros participarão do pleito; é preciso ter cidadania italiana para votar pelo correio. Neste caso, os votos devem ser feitos até a próxima sexta-feira, 23. (veja ao final da matéria como votar) A lei italiana destina 18 vagas para parlamentares eleitos por votos de residentes no exterior.

Entre os candidatos ao Congresso da Itália estão 16 brasileiros; um deles é Luis Molossi, advogado e membro do partido Movimento Associativo Italiano no Exterior (MAIE), que concorre a uma vaga de deputado. No último dia 1º de fevereiro, Molossi visitou a CSB e foi recebido pelo presidente Antonio Neto.

CSB recebe a visita de candidato ao Parlamento Italiano

No encontro, o candidato ítalo-brasileiro contou sua trajetória de vida e os desafios de concorrer às eleições italianas. No Brasil, são 351 mil eleitores aptos a votar, e Molossi aposta nesse contingente para propagar sua proposta de lutar no Parlamento Italiano pelo fortalecimento das relações entre Brasil e Itália.

A Câmara dos Deputados do país europeu possui 630 cadeiras, sendo quatro representantes da América do Sul. Luis Molossi concorre pela terceira vez. Em 2013, obteve 12.501 votos, o que o levou a ser primeiro suplente a deputado para a região.

Confira abaixo os procedimentos para os votos dos ítalo-brasileiros:

  • As cédulas são enviadas pelo correio. Se o eleitor não as recebeu, é preciso solicitar uma segunda via ao consulado italiano;
  • As cédulas são divididas por casa legislativa, sendo uma para a Câmara e outra para o Senado;
  • O eleitor deve escolher entre os candidatos da América do Sul;
  • Faça um X no partido eleitoral escolhido;
  • Na frente do partido escolhido, escreva o nome do candidato em que deseja votar;
  • Coloque a cédula preenchida no envelope pequeno recebido; em seguida, insira este em um envelope maior, também enviado junto ao material de votação;
  • Envie o material pelo correio.

Para ter validade e serem computadas, as cédulas com o voto precisam chegar ao consulado até as 16 horas do dia 1º de março.

Compartilhe:

Leia mais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)
Nota das centrais selic
Centrais pedem redução dos juros: "por desenvolvimento com justiça social"