Centrais Sindicais voltam a se reunir com secretários paulistas

As Centrais Sindicais tiveram nova reunião com representantes do secretariado paulista. O encontro aconteceu com Patrícia Ellen, Secretária de Desenvolvimento Econômico, e com João Octaviano, Secretário de Transporte e Logística, no último dia 12 de maio. A pauta do encontro foi o chamado Plano São Paulo (trata da retomada da atividade econômica no estado).

Atual cenário e previsões

O Governo Estadual fez previsões com base em estudos e estimou que caso alcance 55% de isolamento social até o dia 31 de maio, haverá 100 mil casos de contaminação e 11 mil mortes apenas no estado de São Paulo.

O secretariado informou que a ocupação de leitos de UTI na Grande São Paulo, está com índices de 90% de ocupação dos leitos de UTI no setor público e 70% no setor privado.

O fim do isolamento social

Os secretários afirmaram que a retomada da atividade econômica será setorial e regionalizada. Quando a ocupação dos leitos de UTI alcançar um índice inferior a 60%.

Protocolos de saída

O Governo estadual entregou para as Centrais os chamados protocolos de saída que serão devolvidos na terça-feira (19/5) com o diagnóstico e opinião das Centrais Sindicais.

Na reunião, o secretário-geral da CSB, Álvaro Egea, destacou a necessidade de capacitação para implantação dos protocolos.

“É preciso valorizar muito a capacitação do pessoal que vai aplicar os protocolos. Desta forma evitamos a volta da contaminação. É importante ressaltar que o vírus não morreu!Após a flexibilização o vírus continuará circulando, precisamos ter muito cuidado para evitar uma nova quarentena.”, ressaltou Álvaro.

 

Segurança do trabalhador

Cabe aos sindicatos indicar como será a segurança do trabalho em cada setor.

Os sindicatos poderão entrar na testagem?

O assunto deverá ser discutido entre as centrais sindicais.

 

Sem CPF não tem CNPJ!

O secretário, João Octaviano fez algumas ponderações ao falar da pandemia.

“Defendo que sem CPF não tem CNPJ, portanto a vida está em 1º lugar. Um CNPJ pode ser recuperado. Sabendo que o CNPJ é que vai pagar o salário do trabalhador”, argumentou Octaviano.

Compartilhe:

Leia mais
Chinelo - Antonio Neto e Cosme Nogueira fundação Fesmig
CSB, Sinab e CSPM celebram criação da Fesmig - Federação dos Servidores de Minas Gerais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)