WhatsApp-Image-2020-02-14-at-10.04.00

Atos contra o sucateamento do INSS contam com a presença da CSB

Nesta sexta-feira, 14, representantes dos trabalhadores se organizaram em atos contra as filas e o sucateamento do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS).

Em Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, a manifestação contou com a presença de Denilson Bandeira, diretor de mobilização da CSB. De acordo com ele, é necessário conscientizar a população quanto aos desmontes dos serviços públicos. “Se mobilizar é importante para alertar, principalmente usuários e segurados, de que essa crise é parte de um processo, um plano de governo para impedir o acesso do povo brasileiro aos seus direitos, como a Previdência Social. Além disso, dá continuidade ao fim da aposentadoria, projeto aprovado pelo governo, e que está submetendo a população a filas intermináveis”

Após a manifestação, foi entregue ao gerente da Previdência Social de Guarulhos um documento contendo as reivindicações. De acordo com Álvaro Egea, secretário geral da CSB e que também estava presente no ato, posteriormente será solicitado ao presidente do INSS, em Brasília, uma reunião, quando será formalizado o documento contendo reivindicações e dando soluções viáveis a crise das filas. Sugere-se criação de um plano de emergência para desafogar as filas de segurados na espera de atendimento, que se dará a partir da “contratação de servidores aposentados, estagiários, deslocando servidores de outros órgãos federais ao INSS. Além disso chamar concursados para assumir seus postos, assim como realizar concursos para contratar novos servidores”, explicou, Álvaro.

A importância do posicionamento da Central dos Sindicatos Brasileiros na defesa dos interesses nacionais e populares foi ressaltada por ambas a lideranças. Para Denilson “A CSB é um membro importante e fundamental no fórum das centrais sindicais. Ela vem atuando firmemente nas mobilizações regionais e nacionais em defesa dos direitos da classe trabalhadora e do povo brasileiro”. Já Álvaro afirmou que: “A CSB está inserida em todo o Brasil no calendário de lutas elaborado pelas centrais sindicais e o enfrentamento do sucateamento do INSS é uma frente de lutas importantes”, finalizou.

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra