Antonio Neto: Termos de acordo com vinícolas são preocupantes

Termos de acordo entre MPT e vinícolas são preocupantes – A notícia dos termos do TAC (Termo de Ajuste de Conduta) realizado entre o Ministério Público do Trabalho e os donos das vinícolas que se utilizavam de empresas terceirizadas para escravizar trabalhadores é muito preocupante.  

O acordo de R$ 7 milhões prevê que apenas R$ 2 milhões sejam usados para a indenização dos trabalhadores. Os outros R$ 5 milhões serão usados em entidades com atuação no combate ao trabalho escravo (escolhidas pelo próprio MPT), ou seja, para ONGs.  

Cada trabalhador receberá pouco mais de R$ 9 mil. Um absurdo!  

Existem entidades que fazem trabalhos sérios e muito importantes, mas qual deve ser a prioridade? Qual a institucionalidade? Todo o valor do acordo deveria ser distribuído entre os trabalhadores.  

Os organismos responsáveis pela fiscalização e combate efetivo do trabalho escravo é o Estado e os sindicatos, esses asfixiados financeiramente desde a Reforma Trabalhista.  

Os sindicatos precisam ter a sustentação financeira pelos trabalhadores para que possam cumprir com plenitude o seu papel fiscalizador. Acordos como esse devem garantir indenizações justas para os trabalhadores. 

E as ONGs e entidades devem receber a sua sustentação da forma que acharem melhor, mas não a partir de acordos do MPT.  

É preciso que a institucionalidade volte a prevalecer. Cada um na sua função de atuação e sempre com os trabalhadores em primeiro lugar. 

Antonio Neto, presidente da CSB.

Compartilhe:

Leia mais
mpt recomendação contadores contribuição sindicatos
Contador não pode incentivar oposição à contribuição sindical, orienta MPT
CSB no Forum Interconselhos 2024
Governo retoma Fórum Interconselhos com G20 Social e Plano Clima em foco; CSB participa
reuniões centrais sindicais 16 e 18 julho
Centrais realizam reuniões por região nos dias 16 e 18 de julho sobre agenda legislativa; participe
reunião CNT 10-7-24
CNT discute ação coordenada diante de transformações no mercado de trabalho
Ernesto e Álvaro CSN reunião Consea
CSB indicará nome para substituir Lino de Macedo no Conselho de Segurança Alimentar
protesto servidores Ipsemg 9-7-24
Em meio a protestos dos servidores, projeto sobre Ipsemg tem votação adiada
ministro do trabalho luiz marinho saqui aniversário fgts
Ministro do Trabalho quer fim do bloqueio do FGTS para quem optou por saque-aniversário
regra-nas-relacoes-de-trabalho-clemente-ganz-lucio
Clemente Ganz: Negociação coletiva e a estratégia de desenvolvimento produtivo
Projeto de lei motoristas em apps
Centrais sindicais criticam alterações em projeto de motoristas em apps
Protesto servidores Ipsemg
Sindicato dos Servidores do Ipsemg convoca para protesto contra projeto sobre o Instituto