agropecuaria-e1433172913971

Agropecuária ofertou no ano mais de 60 mil vagas via Portal

Os postos foram criados entre janeiro e maio deste ano, e foram encontrados no Portal Mais Emprego, do MTE

O Portal Mais Emprego, do Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE), disponibilizou 62.601 mil vagas no setor agropecuário desde o início deste ano. Os meses de março e abril concentraram quase metade das vagas, chegando a 30.504 trabalhadores recolocados.

Além disso, em cinco meses, a plataforma permitiu que mais de 200 mil trabalhadores retornassem ao mercado através da auto-intermediação permitida por essa ferramenta virtual.

Mais empregos – O ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, destaca que a plataforma “modifica radicalmente a relação entre trabalhadores e empregadores”. “O Portal, que foi lançado no mês passado, faz parte do projeto de modernização do MTE, em que todos os serviços prestados passarão a ser digitalizados”, ressaltou.

O Portal permite ainda que o próprio cidadão pesquise e se candidate às vagas existentes no Sistema Nacional de Emprego (Sine) sem precisar sair de casa ou depender de um intermediário. O sistema, que está disponível aqui (http://maisemprego.mte.gov.br/), ou por meio da página do MTE (www.mte.gov.br), também oferece informações sobre o andamento do seguro-desemprego, oportunidades de qualificação profissional e abono salarial.

Para o empregador estão disponíveis: o Empregador Web, a opção de disponibilizar vagas e demandas por cursos profissionalizantes e a possibilidade de repassar os dados do Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados (Caged).

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Ministério do Trabalho e Emprego

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra