Central dos Sindicatos Brasileiros

Funcionários públicos de Rio Branco realizam passeata e reivindicam melhores salários e condições de trabalho

Funcionários públicos de Rio Branco realizam passeata e reivindicam melhores salários e condições de trabalho

Os profissionais das categorias de Assistente de Creche e Assistente Escolar se reuniram, no último dia 10 de setembro, terça-feira, em frente prefeitura de Rio Branco, capital do Acre. A manifestação tinha como pauta a reivindicação de melhorias, tanto salariais quanto nas condições de trabalho, questão que foi debatida no mesmo dia com a equipe de negociação municipal.

Dessa forma, de acordo com Marquinhos Gama, presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Rio Branco (Assermub), a prefeitura se comprometeu a apresentar, até o dia 25 de setembro, a recomposição das tabelas salariais dos Servidores da Educação. “Já temos o aval da prefeita, Socorro Neri, para ser concretizado. Além disso, trata-se de uma luta recorrente que beneficiará muitos trabalhadores, não somente dessas categorias, mas de várias outras da Educação”.

Uma nova reunião, para discutir sobre a má conduta dos gestores escolares, também foi agendada para o dia 18 deste mês. Com a presença de representantes da Codep (Colegiado de Diretores de Escolas Públicas), da Comissão das Categorias e da Assermub, será investigado a questão dos trabalhadores, que estão sofrendo assédio moral. De acordo como Marquinhos, os gestores estão “exigindo atribuições não inerentes ao cargo. Não podemos aceitar tais atitudes”.

Questões como a necessidade de alterações no atual PCCR da educação e no Prêmio pela Elevação da Qualidade da Aprendizagem, também foram discutidas e estão sob análise. A pauta do Decreto de Insalubridade, que dá o direito ao adicional aos profissionais de creche, também foi levantada.

Acima de tudo, Marquinhos ressaltou a importância da participação dos profissionais da categoria no evento, o que só faz fortalecer a luta por direitos. “Eu parabenizo a todos estes trabalhadores que estiveram hoje no movimento de paralisação. Demonstra união e força na luta em conjunto com o sindicato. E juntos, sempre seremos mais fortes”, destacou.

Texto por Caio Ramos
Revisado por Vitor Imafuku

Be Sociable, Share!