Central dos Sindicatos Brasileiros

Por unanimidade, Chapa 1 vence eleições no Sindicato dos Músicos de Chapecó (SC)

Por unanimidade, Chapa 1 vence eleições no Sindicato dos Músicos de Chapecó (SC)

Principal luta da diretoria eleita é o combate ao PL 6303/09, que extingue a profissão de músico

A Chapa 1, apoiada pela Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), venceu por unanimidade as eleições do Sindicato dos Músicos Profissionais do Oeste do Estado de Santa Catarina e Similares (SIMPOESC), realizadas no último sábado (17), na sede da entidade, no município de Chapecó, a 550 km da capital do estado, Florianópolis. O pleito foi realizado por determinação judicial após anulação da última eleição.

A chapa eleita, liderada por Sandro Luiz Fortes dos Santos, tomou posse após a apuração dos votos e ficará no comando da entidade até 2023.

Santos, que também é 1º secretário de Organização e Mobilização da Seccional Santa Catarina da CSB, garante que a luta do sindicato será contra aprovação do Projeto de Lei (PL) 6303/2009, que tenta extinguir a profissão de músico no País.

“Agora a nossa preocupação é tentar mudar um pouco o quadro que se encontra a categoria. Vamos lutar contra o Projeto de Lei, que tramita em todas a comissões e que está no último trajeto dentro do Congresso, onde estão tentando extinguir a profissão de músico. A nossa guerra é para tentar manter a profissão, pois se o projeto for aprovado, o sindicato automaticamente deixa de existir”, falou Santos, reafirmando a importância da Central para que o pleito fosse realizado de maneira organizada.

“A CSB na verdade coordenou todo o trabalho, e o presidente da Seccional foi presidente da comissão eleitoral. A CSB foi uma peça fundamental em todo pleito, pois nos deu toda assessoria, além de amparo jurídico e organizacional”, completou o dirigente.

O presidente da Seccional Santa Catarina da CSB, Oneide de Paula, acredita que esta vitória é importante para as lutas dos trabalhadores no estado.

“Para nós foi uma satisfação muito grande participar desta eleição e ver a participação da categoria no pleito, que deu 100% dos votos para a chapa, nenhum voto contrário, algo inédito para nós. Com certeza esta vitória trará mais força na hora de lutar pelos trabalhadores, pois a entidade fica no oeste do estado e representa vários municípios. Por isso, para Central é muito importante”, declarou o dirigente, parabenizando a nova diretoria.

Compartilhe!