Transporte coletivo registra lotação no primeiro dia do rodízio mais rígido em São Paulo

Pelas novas regras, restrição será pelos finais ímpares e pares das placas. Especialistas em saúde alertam para o risco de contágio da Covid-19 no transporte público

O transporte coletivo em São Paulo registrou ônibus, trens e metrô mais lotados na manhã do primeiro dia de rodízio municipal de veículos mais rígido, medida para tentar desestimular o deslocamento das pessoas e reduzir o ritmo do avanço da Covid-19.

A prefeitura disse que havia colocado mais mil ônibus municipais em operação e outros 600 em bolsões para serem acionados em caso de necessidade.

Em alguns casos, o reforço deu certo, sem superlotação, mas em outros, os ônibus seguiram cheios, em especial no início da manhã.

De acordo com estudos internacionais, após ambientes hospitalares, o transporte público é um dos locais com maior risco de contaminação pelo novo coronavírus, que surgiu na China, e é causador da Covid-19.

Pelo novo modelo de rodízio, somente podem circular em dias pares carros com placas de finais pares. Nos dias ímpares do mês, só podem circular carros com placas finais ímpares.

O rodízio vale por 24 horas para cada tipo de placa e se estende por todas as vias da cidade.

Categorias profissionais como da área da saúde, segurança pública e de outros serviços essenciais e veículos que atendem os setores de saúde e abastecimento, por exemplo, estão isentos. Os carros de aplicativos não estão livres do rodízio e os táxis estão dispensados das restrições.

Quem tem direito a se livrar do rodízio e não tinha isenção no rodízio comum deve mandar um e-mail para [email protected] , ou pelo Portal 156.

Fonte: Diário do Transporte

Compartilhe:

Leia mais
Chinelo - Antonio Neto e Cosme Nogueira fundação Fesmig
CSB, Sinab e CSPM celebram criação da Fesmig - Federação dos Servidores de Minas Gerais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)