sindpd-campanha-salarial

Sindpd dá início à corrida pela campanha salarial 2020/2021

Sindicato dos profissionais das empresas de TI terá como meta manter conquistas da CCT e aumento salarial real para o próximo ano

A diretoria do Sindpd se reuniu nesta última sexta-feira (09) para falar sobre as estratégias que serão adotadas pelo sindicato na campanha salarial de 2020 para toda a categoria dos profissionais de empresas de TI do estado de São Paulo. Tendo como foco a preservação das conquistas e o aumento salarial real, a diretoria elegeu como tema da campanha do próximo ano a resistência à conjuntura de cortes promovida pelo atual governo.

Para o presidente Antonio Neto, que conduziu a reunião, a categoria precisa avançar e, por isso, não pode se conformar com a ideia de sentar na mesa de negociações esperando que os empregadores deem a tônica do processo. “Se nós conquistamos e mantivemos a jornada de 40 horas, PLR, VR, plano de saúde, auxílio creche, estabilidade, hora extra e tantos outros direitos para toda a categoria, isso ocorreu porque nós resistimos. Para nós, não existe a possibilidade da subtração de direitos. Nossa luta é para que a categoria possa avançar sempre”, afirmou Neto.

As mudanças feitas pela reforma trabalhista e, agora, pela Reforma da Previdência, é bom lembrar, impuseram ao Sindpd e ao trabalhador um grande ativismo pela manutenção das conquistas históricas da categoria. Nos últimos anos, o sindicato resistiu bravamente e foi até, literalmente, às últimas instâncias para conseguir manter a Convenção Coletiva e avançar na busca de direitos para a categoria, tal como vimos nas negociações de 2018 e 2019.

Com a proposta de pauta, o Sindpd submeterá as propostas para discussão e aprovação nas assembleias que serão realizadas nas regionais e empresas pelo estado nos meses de novembro e dezembro, encerrando o ciclo com a assembleia geral na capital, dia 14 de dezembro na sede do sindicato.

O tema escolhido e aprovado para simbolizar esta resistência à subtração de direitos foi da série “La Casa de Papel” da Netflix.

Fonte: Sindpd
Link: Sindpd dá início à corrida pela campanha salarial 

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra