csb-sindmetal-itatiba-fiesp

SindMetal Itatiba entrega pauta para acordo coletivo junto à Fiesp, G-2 e G-8

Diretores do Sindicato dos Metalúrgicos de Itatiba e Região (SindMetal Itatiba) entregaram na manhã desta quarta-feira (4) a pauta de reivindicações para o acordo trabalhista das categorias ligadas ao Grupo 2 e ao Grupo 8 e também para os sindicatos ligados à Fiesp – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo. Na próxima sexta-feira (6), será feita a entrega da pauta da fundição, encerrando, assim, este primeiro estágio do acordo coletivo 2017, cuja data-base é 1º de novembro.

“Desde ontem, iniciamos a notificação das diretorias dos sindicatos patronais, informando que negociaremos cada categoria à parte. Neste ano, brigaremos pela reposição salarial das perdas inflacionárias, aumento real de salário, manutenção das cláusulas sociais e fortalecimento do Acordo Coletivo de Trabalho”, destacou Igor Tiago Pereira, presidente do SindMetal Itatiba.

Para o diretor financeiro do SindMetal Itatiba e vice-presidente da CSB – Central dos Sindicatos Brasileiros, José Avelino Pereira, o Chinelo, a briga este ano será grande, pois os patrões já começaram a choradeira. “Mas estamos atentos e não vamos permitir nenhum retrocesso nos direitos de nossa categoria, já tão sofrida pelos mandos e desmandos desse governo que só quer retirar os direitos dos trabalhadores”, finalizou Chinelo.

Fonte: SindMetal Itatiba

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra