Sindicato dos Metalúrgicos de Itatiba paralisa empresa por desrespeito aos trabalhadores

Ação teve como objetivo garantir que os direitos conquistados com a redução da jornada de trabalho sejam mantidos

O Sindicato dos Metalúrgicos de Itatiba e Região realizou, no dia 3 de maio, uma assembleia na metalúrgica BorgWarner para garantir que os direitos dos trabalhadores fossem respeitados. O sindicato recebeu denúncias  de que os empregados não concordavam em trabalhar aos sábados, por isso houve uma paralisação da produção no último dia 3 de maio.

DSC08613_XXX

De acordo com o diretor financeiro do sindicato, José Avelino Pereira (Chinelo), a empresa reduziu a jornada de trabalho de 44 horas para 40 horas semanais, no entanto ‑ para não diminuir a produção ‑ fez com que o primeiro turno trabalhasse aos sábados. “Eles não consultaram os empregados para essa mudança que prejudica a vida familiar do trabalhador. Isso é uma forma de coação, porque quem não está de acordo é demitido. Além disso, com um dia de folga a menos o trabalhador passa a render menos, pois ele está cansado”, avalia.

Na assembleia, a maioria decidiu não trabalhar aos sábados. O sindicato  se comprometeu a entrar em contato com a empresa para negociar a jornada de trabalho. “Uma possibilidade é a escala de turnos no plantão”, disse Igor Tiago Pereira , presidente do sindicato.

 

Compartilhe:

Leia mais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)
Nota das centrais selic
Centrais pedem redução dos juros: "por desenvolvimento com justiça social"