Amarildo-Camara-4.12.18

Sindicato de JF reforça, na Câmara, possibilidade de greve e protesta contra sucateamento da Guarda Municipal

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Juiz de Fora (SINSERPU-JF) Amarildo Romanazzi reforçou, em discurso na Câmara dos Vereadores, que os trabalhadores vão paralisar suas atividades no próximo dia 21 de dezembro, caso o pagamento do décimo-terceiro salário não seja efetuado até o dia anterior – ou seja, 20 de dezembro.

“Isso foi deliberado na última assembleia dos servidores, no dia 29 de novembro, e agora aproveitamos para comunicar a possível paralisação aos membros e frequentadores do poder Legislativo e ao mesmo tempo é um pedido aos vereadores que intercedam para que isso, o não pagamento, não passe de uma possibilidade”, disse Amarildo Romanazzi.

Durante sua participação na Tribuna da Câmara, na noite desta terça-feira (4 de dezembro), o presidente do SINSERPU-JF também protestou contra o processo de sucateamento da Guarda Municipal. Para o sindicalista é preciso, antes de mais nada, efetivar novos integrantes à corporação.

“Há gente insuficiente e uma grande sobrecarga de trabalho. A Prefeitura tem a oportunidade de amenizar isso, fazendo a efetivação de novos profissionais”, argumentou Amarildo Romanazzi.

Fonte: Feserp-MG

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra