rurais-itaitinga-decretaria-desenvolvimento

Por condições de trabalho dignas, rurais de Itaitinga ocupam Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Ceará

Categoria exige cumprimento do compromisso firmado com governador para a cessão de terras estaduais às atividades dos trabalhadores

Cerca de 150 trabalhadores rurais da cidade de Itaitinga, região da grande Fortaleza, ocuparam, na manhã desta quarta-feira (30), a Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA) do Estado do Ceará, na capital do estado, pelo cumprimento da promessa do governador Camilo Santana ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de Itaitinga (STTR) na concessão de uso das terras localizadas na bacia hidrográfica do açude do Riachão-Gavião.

Durante reunião, que aconteceu em 19 de julho, o chefe do executivo se comprometeu com a causa dos trabalhadores, mas até agora não deu andamento no processo de licença para o uso das terras, que atualmente são usadas por mais de 500 famílias no desenvolvimento da agricultura.

Segundo o presidente do sindicato, Antônio Veranilson, a ocupação aconteceu para pressionar o governo nessa reivindicação antiga da categoria. “Ele se comprometeu a dar a concessão de uso em pouco tempo, e já faz 40 dias e não marcaram nada com a gente. Fizemos a ocupação para pressionar o governo a marcar essa audiência”, falou Veranilson, que garante que outros atos irão acontecer.

“Nós desocupamos e ainda não foi marcado nada, demos o prazo de até sexta-feira (1) para que essa audiência seja marcada. Se isso não acontecer, voltaremos a ocupar a secretária na próxima semana e com mais trabalhadores e com mais força para pressionar o governo”, completou.

O ato contou com o apoio da Seccional Ceará da CSB. Para Veranilson,a ajuda é fundamental para a categoria. “O apoio em forma de presença e na logística do ato é de fundamental importância. Ficaria muito difícil para gente se não pudéssemos contar com a ajuda da Central”, finalizou o presidente do sindicato.

Presidente da Seccional Ceará, Francisco Moura, esteve presente durante o ato e garantiu que a Central estará ao lado dos trabalhadores rurais. “Os trabalhadores perderam a paciência, a CSB acha justa a reivindicação e estaremos juntos com eles sempre nessa luta, exigindo que o governador cumpra com a palavra dele. Os trabalhadores rurais terão nosso apoio total na luta pela terra, na luta pela defesa do Brasil e pelo homem do campo”, declarou Moura, que também é vice-presidente da CSB.

Compartilhe:

Leia mais
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: Tecnologias disruptivas podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do Paraná na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas começam a negociar acordos em cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra