Servidores de MG protestam contra projeto de Zema que ataca serviço público e estatais

Servidores de Minas Gerais paralisaram as atividades e participaram de uma mobilização na terça-feira (14) na Assembleia Legislativa contra a proposta do governador Romeu Zema de adesão do estado ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF).

Membro da Frente Mineira em Defesa do Serviço Público, o Sisipsemg (Sindicato dos Servidores do Instituto de Previdência Social do Estado de Minas Gerais) respondeu à convocação do grupo e compareceu à audiência da Comissão de Administração Pública, que debateu e aprovou a proposta apesar da grande mobilização dos servidores e sindicalistas do estado.

Na ocasião, deputados e representantes sindicais de diversas categorias questionaram o Secretário de Fazenda, Gustavo de Oliveira Barbosa, e o subsecretário de Planejamento e Orçamento da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), Felipe Magno Parreiras de Sousa, sobre os reais impactos do RRF para o serviço público de Minas de Gerais.

Os principais questionamentos foram referentes à falta de transparência no plano em relação aos incentivos fiscais, a desestatização de empresas, o teto remuneratório, as recomposições salariais e os concursos públicos.

A presidente do Sisipsemg, Antonieta de Faria (Tieta), que também é presidente da CSB Mulher, falou durante a audiência e criticou os secretários que foram embora antes que chegasse o momento de fala dos sindicatos ali presentes, já ao final da sessão.

“O que o governador Zema está fazendo é destruir a nossa autoestima como mineiros. Já tivemos tantos políticos brilhantes, defendendo Minas Gerais, que nos davam orgulho de dizer que somos mineiros, e agora temos um que quer colocar uma pá de cal e enterrar nosso estado. Esse regime pode e muito piorar a saúde dos servidores públicos e causa a destruição do Ipsemg”, disse na audiência.

Ela aproveitou a oportunidade para denunciar que o subsecretário Felipe tentou boicotar uma greve dos servidores do Ipsemg, que reivindicavam o pagamento do piso nacional da enfermagem, comprometendo-se a pagar o piso, mas a promessa nunca foi cumprida.

Leia também: Antonio Neto se reúne com diretoria do Sisipsemg e da CSB-MG em Belo Horizonte

Os deputados contra a proposta também argumentaram que seria melhor aguardar as tratativas sobre a renegociação da dívida que estão em curso junto ao governo federal, e o encontro do presidente da ALMG, deputado Tadeu Martins Leite (MDB), com o presidente do Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco, nesta quinta (16) para tratar do tema.

Os sindicatos também alertaram que, além de o regime colocar em risco os serviços à população do estado, ele não solucionará a questão da dívida, que continuará aumentando nos próximos anos com os termos do texto que já passou em duas comissões da Assembleia e seguirá para análise da Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária antes de ser votado pelo plenário.

Após a reunião nesta quinta, Pacheco falou que o RRF não é a solução para a dívida de R$ 160 bilhões que Minas tem com a União e que, por se tratar de um valor muito alto, é preciso que as partes dialoguem para que se chegue a um acordo. Ele anunciou que apresentará uma proposta alternativa ao presidente Lula.

Com informações de Sisipsemg, ALMG e O Tempo

Compartilhe:

Leia mais
mpt recomendação contadores contribuição sindicatos
Contador não pode incentivar oposição à contribuição sindical, orienta MPT
CSB no Forum Interconselhos 2024
Governo retoma Fórum Interconselhos com G20 Social e Plano Clima em foco; CSB participa
reuniões centrais sindicais 16 e 18 julho
Centrais realizam reuniões por região nos dias 16 e 18 de julho sobre agenda legislativa; participe
reunião CNT 10-7-24
CNT discute ação coordenada diante de transformações no mercado de trabalho
Ernesto e Álvaro CSN reunião Consea
CSB indicará nome para substituir Lino de Macedo no Conselho de Segurança Alimentar
protesto servidores Ipsemg 9-7-24
Em meio a protestos dos servidores, projeto sobre Ipsemg tem votação adiada
ministro do trabalho luiz marinho saqui aniversário fgts
Ministro do Trabalho quer fim do bloqueio do FGTS para quem optou por saque-aniversário
regra-nas-relacoes-de-trabalho-clemente-ganz-lucio
Clemente Ganz: Negociação coletiva e a estratégia de desenvolvimento produtivo
Projeto de lei motoristas em apps
Centrais sindicais criticam alterações em projeto de motoristas em apps
Protesto servidores Ipsemg
Sindicato dos Servidores do Ipsemg convoca para protesto contra projeto sobre o Instituto