imagem3-e1365772581296

Presidente da CSB participa de posse da diretoria da CNPL

Cerimônia de nomeação do novo presidente da Confederação Nacional das Profissões Liberais foi marcada pelo debate sobre o fortalecimento do movimento sindical

No dia 9 de abril, tomou posse, em Brasília, a nova diretoria da Confederação Nacional das Profissões Liberais (CNPL). Carlos Alberto de Azevedo assume o cargo de presidente da entidade no lugar de Francisco Antônio Feijó, que se mostrou entusiasmado com a próxima gestão.

“Feliz aquele que tem, como eu, a possibilidade de transferir o bastão de comando a um amigo, um companheiro competente e profundo conhecedor dos problemas que afligem os trabalhadores em geral e os liberais em especial, e que por isso está pronto para exercer a difícil função de dirigir uma entidade complexa como é a CNPL, composta por profissionais das mais diversas formações” afirmou Feijó.

O evento, que contou com a presença de parlamentares das duas casas do Congresso Nacional; representantes e dirigentes de Centrais Sindicais – como Antonio Neto, presidente da CSB; Confederações; Federações; OAB Nacional; e Conselhos de Fiscalização Profissional e Sindicatos de trabalhadores profissionais liberais de todo o Brasil, foi pautado pelo debate sobre o papel do movimento sindical brasileiro.

Para Carlos de Azevedo, o momento necessita de organização e muito empenho das entidades sindicais para trabalharem em uma pauta única, positiva e suprapartidária, que beneficie a unicidade sindical e a plena representatividade dos trabalhadores.

“Esta extensa pauta de ações inclui um amplo leque de assuntos que impactam não somente nos campos das conquistas e direitos trabalhistas, mas também na solidificação das políticas sociais e econômicas, com ênfase na geração de emprego, renda e cidadania plena para um maior número de brasileiros”, ressaltou o novo presidente da CNPL.

O novo presidente da entidade lembrou ainda que a flexibilização dos contratos de trabalho permitem que profissionais liberais estrangeiros atuem livremente no Brasil. “O momento é de intensificar a luta em defesa da manutenção digna das entidades sindicais para que elas possam exercer o seu papel fundamental de bem representar os trabalhadores brasileiros”, concluiu Carlos de Azevedo.

Apoio da CSB

A Central possui mais de cem sindicatos de profissionais liberais filiados. Além disso, a diretoria da CNPL é composta por um grande número de dirigentes da CSB. Antonio Neto discursou na cerimônia de posse e parabenizou a organização dos profissionais liberais, pediu o fim da perseguição do Ministério Público do Trabalho (MPT) à organização dos trabalhadores e destacou que o grande mote desse ano é aumentar a luta pela ampliação dos direitos.

Neto, CNPL, CSB, Brasília
Antonio Neto discursa na cerimônia de posse, na CNPL

O presidente da CSB enfatizou as conquistas da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). “Para aqueles que dizem que a CLT é atrasada e retrógada, nós respondemos: não há nada mais moderno do que proteger o trabalhador da exploração. E a CLT é o maior instrumento de proteção dos direitos dos trabalhadores, por isso sempre a defendemos”, sentenciou Neto.

Dirigentes da CSB durante a posse da nova diretoria da CNPL
Dirigentes da CSB durante a posse da nova diretoria da CNPL

Com informações da Assessoria de Imprensa / Comitê de Divulgação CNPL

Compartilhe:

Leia mais
Encontro CSB China
CSB promove encontros com entidades sindicais chinesas em SP e RJ; inscreva-se
CSB-RS conselho plano rio grande
Reconstrução do RS: CSB toma posse como membro do Conselho do Plano Rio Grande
distribuição extra fgts
Após acordo com centrais, governo fará distribuição extra do FGTS aos trabalhadores
Sindpd=SP ganha premio no Sindimais
Projeto do Sindpd-SP vence prêmio de Inovação e Transformação Digital no SindiMais
protesto colete feminino vigilantes niteroi
Vigilantes de Niterói iniciam campanha por coletes apropiados para mulheres
discurso lula OIT
Em discurso na OIT, Lula destaca precarização e informalidade como desafios para justiça social
Antonio Neto CSB na OIT 12-06-24
Antonio Neto na OIT: novas tecnologias podem ser oportunidade para os trabalhadores
Centrais sindicais apresentam denúncia contra governo do Paraná à OIT
Centrais denunciam governo do PR na OIT por repressão de greve de professores
FGTS correção inflação decisão stf
Acordo entre centrais e AGU prevalece no STF: FGTS deverá ter correção mínima pela inflação
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT