auxilio

Prazo para pedir auxílio emergencial à Caixa acaba em duas semanas

Quem solicitar até 2 de julho e tiver direito garante três parcelas de R$ 600

O prazo para solicitar o auxílio emergencial do governo federal será encerrado em duas semanas, no próximo dia 2 de julho, afirmou nesta quinta-feira (18) o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.

“O último dia é 2 de julho. Então, estamos próximos, temos mais duas semanas”, disse Guimarães, reforçando que o esgotamento se dará 90 dias após a publicação da medida que autorizou o pagamento do benefício.

A Caixa chegou a informar, em algumas das comunicações diárias que faz pela internet, que o último dia para fazer o pedido seria em 3 de julho. Nesta quinta, porém, Guimarães reforçou que a data correta é 2 de julho.

O governo de Jair Bolsonaro (sem partido) discute a prorrogação do auxílio por mais dois meses, totalizando assim cinco parcelas do benefício, mas com redução do valor, que cairia de R$ 600 para R$ 300.

O banco informou, no entanto, que só poderá dizer se haverá ou não extensão do prazo para a população pedir a ajuda emergencial se uma nova lei for publicada. Por enquanto, o que vale é o prazo de 2 de julho.

O término do prazo não afeta o direito de quem já fez o pedido, mas ainda não recebeu o benefício.

Cerca de 1,5 milhão de cidadãos que solicitaram o auxílio emergencial ainda não tiveram seus cadastros analisados. A Dataprev (empresa de tecnologia da Previdência) ainda está reavaliando 1,2 milhão de pessoas cujos pedidos foram negados.

Dos 106,3 milhões de cadastros analisados, 42,2 milhões foram considerados inelegíveis por não atender aos requisitos do programa.

O auxílio emergencial é voltado para desempregados, microempreendedores, trabalhadores autônomos e informais que ficaram sem renda durante a pandemia do novo coronavírus.

O benefício é pago em três parcelas de R$ 600, mas esse valor sobe para R$ 1.200 nos casos de mães responsáveis pelo sustento da família.

Quem deseja solicitar essa renda deve fazer a inscrição no site auxilio.caixa.gov.br ou baixar o aplicativo Caixa|Auxílio Emergencial, que está disponível para os sistemas Android e IOS.

A caixa não envia mensagens com links por SMS ou Whatsapp que dão acesso ao cadastro do auxílio emergencial.

Para evitar cair em golpes, o cidadão deve digitar o endereço do site no navegador ou baixar o APP na loja virtual de aplicativos.

AUXÍLIO EMERGENCIAL | COMO PEDIR

Para sacar, pagar contas, fazer compras e transferir dinheiro

  • Aplicativo Caixa TEM
  • Caixas eletrônicos
  • Internet banking (para clientes da Caixa)

Para tirar dúvidas

  • Ligue para o telefone 111 (central de atendimento da Caixa)

Fonte: Folha de S.Paulo

Compartilhe:

Leia mais
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende fortalecimento dos sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas (RS) começam a negociar acordos em novo cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra
carteira vazia contas a pagar salário mínimo
Salário mínimo no BR é menos da metade do valor necessário para garantir vida digna
reajuste salarial TI Paraná
Trabalhadores de TI do Paraná terão 5% de aumento salarial; veja pisos de cada função
assembleia feserp mg
Feserp-MG convoca sindicatos para assembleia de reformulação do estatuto
instrutor de yoga entra na cbo
Ufólogo, instrutor de yoga e outras 17 ocupações são incluídas na CBO