Central dos Sindicatos Brasileiros

Policiais do Rio denunciam prisões arbitrárias de grevistas; Movimento segue unido

Policiais do Rio denunciam prisões arbitrárias de grevistas; Movimento segue unido

De acordo com o SINDPOL-RJ (Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Rio de Janeiro), entidade filiada à CSP, o governo do está promovendo prisões ilegais e arbitrárias contra os líderes do movimento que luta por melhores condições de trabalho e salários. (assista o vídeo da assembleia de greve)

“Temos informações que mais de 500 policiais militares e bombeiros foram presos hoje no Rio de Janeiro. Nosso diretor jurídico, Francisco Chao, pediu o apoio da população na entrevista coletiva: ‘Não queremos greve, não queremos esse desgaste, mas está na hora de discutir as causas e não apenas as consequências. Segurança boa e barata não existe’”, afirma o boletim da greve publicado no site do sindicato.

De acordo com o sindicato, “somente em Barra do Piraí constam que 200 policiais militares, que recusaram a sair do batalhão alegando que as viaturas estavam sem documentação, foram presos ilegalmente”.

O SINDPOL RJ deixa registrado que os abusos e prisões feitas pelo Governo do Estado colocam em risco a democracia e o estado de direito. Observadores internacionais foram contatados e estão chegando ao Brasil. O movimento até agora se mostra pacífico e ordeiro, não dando motivos para atos autoritários.

POLÍCIA CIVIL DO RIO DE JANEIRO POSSUI UM DOS PIORES SALÁRIOS DO BRASIL!

A última tabela com os salários nacionais das polícias civis divulgada pela Cobrapol (Confederação Brasileira dos Trabalhadores Policiais Civis) apresenta o Estado do  Rio de Janeiro com o salário mais baixo do país.

Segundo a Confederação o cálculo é feito sem algumas gratificações que não podem ser consideradas no total porque são créditos temporários.

A divulgação foi feita em abril de 2011 e a PCERJ recebeu aumento após o mês de referência, porém, segundo alguns cálculos atuais e ainda não confirmados, a Polícia Civil do Rio de Janeiro passou para penúltimo lugar.

O Estado do Rio de Janeiro apresenta inúmeras singularidades que exigem dos profissionais da Polícia Civil qualificação profissional elevada, formação acadêmica de nível superior, pós-graduação, curso de idiomas e reiterados cursos de treinamento operacional.

O nível intelectual e de formação dos profissionais da instituição fazem da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro uma das melhores senão a melhor polícia do país.

Não obstante, esses profissionais continuam a receber um salário vergonhoso.

Os policiais civis do Estado do Rio de Janeiro recebem um dos piores salários do Brasil!

Destaca-se, outrossim, que a política de segurança do Estado promove um gigantesco ABISMO SALARIAL entre os Agentes de Polícia e os Delegados.

Os Delegados do Estado do Rio de Janeiro recebem um dos mais altos salários do país.

Esse é o mesmo Estado que ostenta ocupar a segunda posição em arrecadação pública, só ficando atrás de São Paulo.

Esse é o mesmo Estado que sediará competições esportivas de nível internacional como a Copa do Mundo de Futebol e as Olimpíadas.

Fonte: SINDPOL RJ

Be Sociable, Share!