Nota-tecnica-do-MPT-sobre-trabalho-virtual-de-professores-na-pandemia

Nota técnica do MPT sobre trabalho virtual de professores na pandemia

O Ministério Público do Trabalho emitiu nota técnica sobre o trabalho de professoras e professores através de plataformas virtuais ou “home office” durante a pandemia da covid-19.

A nota do MPT indica várias orientações sobre como estabelecer o trabalho virtual para os professores a fim de fiscalizar o respeito ao isolamento social necessário na pandemia, protegendo as famílias tanto de alunos como dos trabalhadores.

Entre as diversas orientações formuladas pelo “Grupo de Trabalho – GT – Covid-19” do MPT, consta que a prestação de serviços por meio de plataformas virtuais deve ser definida referencialmente por meio de negociação coletiva, acordo coletivo, e por contrato de trabalho aditivo por escrito, com prazo determinado, tratando de forma específica sobre a responsabilidade pela aquisição, manutenção ou fornecimento dos equipamentos tecnológicos e da infraestrutura do trabalho remoto, bem como o reembolso de eventuais despesas a cargo da(o) empregada(o).

Do acordo coletivo para o trabalho virtual decorrem diversas outras orientações do MPT sobre regulação das jornadas de trabalho, de questões sobre saúde dos trabalhadores, respeito ao direito de imagem e direito à privacidade do corpo docente, apoio tecnológico e orientação técnica permanente ou capacitar o corpo docente e discente para realização dos trabalhos de forma remota, entre várias outras.

Confira a íntegra da nota técnica: Nota técnica do MPT sobre trabalho virtual de professores na pandemia

Compartilhe:

Leia mais
miguel torres discurso centrais sindicais oit
Centrais pedem fim do golpismo no Brasil em discurso dos trabalhadores na OIT
Luiz Marinho discursa na OIT 2024
Na OIT, Luiz Marinho defende fortalecimento dos sindicatos e taxação de grandes fortunas
vigilantes niterói ato 13 de junho
Vigilantes de Niterói convocam ato por mais segurança para mulheres da categoria
vinicolas-no-rs-tinham-200-pessoas-em-condicoes-analogas-a-escravidao
Auditores fiscais do Trabalho repudiam fala de dirigente da CNA sobre trabalho escravo
assembleia rodoviários pelotas 10-6-2024
Rodoviários de Pelotas (RS) começam a negociar acordos em novo cenário após enchentes
Comitiva da CSB com ministro Luiz Marinho na Conferência da OIT 2024
Em reunião do Brasil na OIT, empresário diz que Bolsa Família atrapalha mão de obra
carteira vazia contas a pagar salário mínimo
Salário mínimo no BR é menos da metade do valor necessário para garantir vida digna
reajuste salarial TI Paraná
Trabalhadores de TI do Paraná terão 5% de aumento salarial; veja pisos de cada função
assembleia feserp mg
Feserp-MG convoca sindicatos para assembleia de reformulação do estatuto
instrutor de yoga entra na cbo
Ufólogo, instrutor de yoga e outras 17 ocupações são incluídas na CBO