Movimento sindical gaúcho protocola documento com 80 mil assinaturas em defesa de plebiscito

Iniciativa nasceu após governo tentar descumprir a Constituição Estadual e privatizar estatais sem a decisão do povo

O movimento sindical gaúcho protocolou na noite desta terça-feira (16), na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, documento com mais de 80 mil assinaturas de eleitores de 358 cidades gaúchas contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 272/19, que retira do texto a exigência de plebiscito para privatização das estatais Sulgás, CRM e CEEE, objetivo do atual governo.

Antes de protocolar, os representantes dos movimentos entregaram uma cópia ao presidente da Assembleia, Luís Augusto Lara. O documento deve referendar um projeto de defesa da Constituição Estadual.

Segundo o secretário-geral da Seccional Rio Grande do Sul da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), Luciano dos Santos, que na ocasião representou o presidente da Seccional, Sergio Arnoud, a Central é totalmente contra o não cumprimento da Lei.

“A CSB é terminantemente contra que não se cumpra a nossa Constituição Estadual, que preza pelo plebiscito, que a população seja ouvida a favor ou não da venda de estatais. Nosso atual governador, durante a campanha, era a favor do plebiscito dessas três importantes empresas para o estado do Rio Grande do Sul, que há muito tempo recebem pouco investimento, mas que prestam um serviço de altíssima qualidade. A CSB é contra a venda das estatais. Em poucos dias tivemos cerca de 80 mil assinaturas. De todos os deputados estaduais, poucos tiveram mais do que esse valor para se eleger”, falou o dirigente.

Foram aproximadamente dois meses de coletas em diversas regiões do estado, que demonstram a vontade do povo.

“Ontem (15), terminamos de contabilizar as assinaturas e chegamos a uma quantidade bastante expressiva. Nós fizemos uma força tarefa onde nós trabalhamos em várias ações de coleta de assinatura em parques, eventos, nas ruas e em todos os ambientes que poderíamos fazer essa coleta. Com certeza essas assinaturas irão influenciar muito no posicionamento dos deputados, pois essa é a vontade do povo. Nunca ocorreu uma coleta tão grande de assinatura no Rio Grande do Sul”, disse Pedro Antonio Leivas, diretor do Sindicato dos Mineiros de Candiota, entidade filiada à CSB.

Compartilhe:

Leia mais
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)
Nota das centrais selic
Centrais pedem redução dos juros: "por desenvolvimento com justiça social"
lula critica campos neto
Lula diz que Campos Neto tem lado político e trabalha para prejudicar o país
campos neto presidente bc
Procurador pede investigação sobre influência de bancos na definição dos juros pelo BC
Encontro CSB China
CSB promove encontros com entidades sindicais chinesas em SP e RJ; inscreva-se
CSB-RS conselho plano rio grande
Reconstrução do RS: CSB toma posse como membro do Conselho do Plano Rio Grande
distribuição extra fgts
Após acordo com centrais, governo fará distribuição extra do FGTS aos trabalhadores