Movimentadores de mercadorias de São Paulo participam de curso de negociação coletiva

CSB realiza mais uma edição do evento em parceria com o Dieese para capacitar os dirigentes

Entre os dias 7 e 9 de maio, dirigentes da Movimentação de Mercadoria do estado de São Paulo participarão do curso “Estrutura e Processo de Negociação Coletiva”, promovido pela CSB em parceria com o Dieese.

No treinamento, os técnicos do Dieese apresentarão aos sindicalistas o conceito e o processo de negociação coletiva. Palestras sobre o comportamento e a argumentação da negociação, aspectos teóricos e práticos, além do planejamento de campanha, fazem parte do cronograma de atividades.

Sergio Monis, vice-presidente da Federação dos Trabalhadores na Movimentação de Mercadorias em Geral, Auxiliares de Administração no Comércio de Café em Geral, Auxiliares de Administração de Armazéns Gerais do Estado de São Paulo (Fetramesp), explica que o curso dará aos dirigentes mais preparo nas negociações com o patronal. “Somos uma categoria diferenciada e temos mesa de negociações com vários segmentos patronais, como a indústria, o comércio, armazéns gerais de logísticas e transporte de cargas. Temos também os trabalhadores avulsos, ou seja, precisamos estar cada vez mais preparados para conduzirmos as reivindicações com os patrões”, disse.

O curso “Estrutura e Processo de Negociação Coletiva” para os movimentadores de mercadorias de São Paulo será realizado em Ribeirão Preto, no Hotel Nacional INN. Acompanhe a cobertura do evento no site da CSB.

Compartilhe:

Leia mais
STF reverte reforma previdência para servidores
STF forma maioria para reverter pontos da Reforma da Previdência para servidores
Imagem CSB (28)
CSB NA 112ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT 2024
Sticmpel campanha salarial 2024-2025
Trabalhadores da Construção e Mobiliário de Pelotas iniciam campanha salarial 2024/2025
Apoio Financeiro a trabalhadores empresas calamidade RS
Governo abre cadastro para Apoio Financeiro a trabalhadores atingidos por calamidade no RS
home office trabalho híbrido estudo
Trabalho híbrido melhora satisfação no emprego e não afeta produtividade, diz estudo
reunião centrais rs e oit
Centrais e OIT discutem impacto das enchentes no mercado de trabalho do RS
plano erradicação trabalho escravo será atualizado
Plano para Erradicação do Trabalho Escravo será atualizado após 16 anos
podcast fetrarod
Fetrarod lança podcast para discutir temas de interesse dos rodoviários; assista aqui
Manifesto contra PL do estupro
Mulheres sindicalistas divulgam manifesto contra PL do Estupro (PL 1904/24)
Nota das centrais selic
Centrais pedem redução dos juros: "por desenvolvimento com justiça social"